Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Gedoz marcou o gol da classificação nos minutos finais. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Gedoz marcou o gol da classificação nos minutos finais.| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

De forma dramática, o Atlético eliminou pelo Tubarão-SC na Copa do Brasil. O Furacão venceu por 5 a 4 na noite desta quarta-feira (21), na Arena da Baixada. Bergson, Matheus Rossetto, Guilherme, Thiago Heleno e Gedoz marcaram para o Atlético. Matheus Barbosa, Batista, Lucas Costa e Romarinho fizeram para o time catarinense.

O Atlético, agora, enfrenta o Ceará na terceira fase, na Arena da Baixada. Primeiro jogo será em Curitiba e o segundo fora. O triunfo marcou a estreia da equipe principal do Furacão na Arena da Baixada em 2018;. Antes, o time de Fernando Diniz havia atuado fora de casa, contra o Caxias, na Copa do Brasil.

>> COPA DO BRASIL: confira o chaveamento completo do torneio

Quem foi à Arena da Baixada viu o time de Fernando Diniz jogando da forma característica do treinador: com intensidade e trocando muitos passes até chegar à área. Com Jonathan e Carleto bem abertos pelas laterais e os zagueiros Thiago Heleno e Paulo André avançando a todo momento, o Furacão dominou o primeiro tempo, mas não conseguiu marcar. Na etapa final, o jogo tomou ares dramáticos e nove gols saíram.

Guilherme arriscou várias vezes de fora da área, mas o goleiro Belliato conseguiu defender as tentativas. Ribamar e Matheus Rossetto tiveram chances de abrir o placar de cabeça, mas mandaram para fora. O atacante, inclusive, foi vaiado pela torcida após os arremates errados e saiu no intervalo. O Tubarão só chegou com Guilherme Amorim, que recebeu livre na área, mas furou o chute.

Bergson, que entrou no lugar de Ribamar, aproveitou a chance logo no primeiro lance. Aos seis minutos, Guilherme recebeu na área e cruzou, o atacante antecipou a marcação e abriu o placar. Mas, a comemoração durou apenas três minutos, quando Matheus Barbosa empatou de cabeça, após cobrança de falta. Batista, também de cabeça, virou. E volante Matheus Rossetto aproveitou o rebote do goleiro Belliato e deixou tudo igual novamente na Arena da Baixada, 2 a 2.

Mas o jogo ainda teve mais cinco gols e três viradas. Guilherme marcou de pênalti virando para o Furacão. Lucas Costa e Romarinho, que entraram durante o segundo tempo, deixaram novamente o Tubarão à frente do placar, 4 a 3. Mas ainda teve tempo do Furacão virar e conseguir a classificação no sufoco. Thiago Heleno e Gedoz, com um golaço de fora da área, fizeram os gols da vitória do Atlético, já nos minutos finais.

Confira o lance a lance e a ficha técnica de Atlético x Tubarão:

VEJA TAMBÉM:

>> BRASILEIRÃO 2018: veja a tabela completa da Série A

>> SÉRIE B: confira a tabela completa da Segundona

>> LIBERTADORES: veja como ficaram os grupos e os duelos da fase preliminar

>> COPA SUL-AMERICANA: veja todos os confrontos do mata-mata continental

>> MERCADO DA BOLA: acompanhe o vai e vem de atletas nos principais clubes brasileiros

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]