i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Estádio

Atlético recebe parcela de R$ 32 milhões do estado

  • 05/04/2013 21:01

A Fomento Paraná, agência controlada pelo governo estadual, depositou ontem a segunda parcela do financiamento de R$ 131,2 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para reforma da Arena da Baixada para a Copa do Mundo de 2014, no valor de R$ 32,7 milhões, na conta da CAP S/A – sociedade de propósito específico (SPE) criada pelo Atlético para gerir a obra.

O dinheiro foi liberado após a conclusão de 30,7% do cronograma físico-financeiro do projeto, aferida em relatório de auditoria da PriceWaterhouseCoopers, contratada pela Fomento Paraná. Na última atualização divulgada pela CAP S/A, no dia 15 de janeiro, a obra nova no estádio estava apenas 14,42% finalizada. A primeira parcela, liberada em janeiro, havia sido de R$ 26,2 milhões. A soma das duas é de R$ 58,9 milhões – ou seja, 44,9% do total.

A próxima parcela será depositada quando a CAP S/A comprovar a execução de 50% da obra. Segundo cronograma do BNDES, não poderia ultrapassar 70% do crédito total. Porém o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou que a instituição financeira nacional só libere valores acima de 65% após análise do projeto executivo pelo Tribunal de Contas do Paraná (TC-PR) – uma benesse, na verdade, por causa do atraso no processo. Inicialmente, essa verificação deveria ser feita antes da liberação de 20% do empréstimo.

Desde janeiro, o Atlético não atualiza o andamento da construção. Naquele período, o clube indicava que tinha alcançado 55,82% de toda a obra – incluindo aí a reforma do que já existia e a implantação das áreas novas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.