i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
O primeiro

Barueri constrói estádio para Copa de 2014

Arena multiuso tem primeira fase concluída e recebe jogo da Série B neste sábado

  • PorGloboEsporte.com / Globo.com
  • 22/05/2007 12:37

Barueri deu o pontapé inicial para ter o primeiro estádio paulista com condições de receber jogos de uma possível Copa do Mundo no Brasil. Neste sábado, a cidade inaugura a primeira etapa da arena multiuso, inicialmente com 15 mil lugares. Mas, em 2010, o objetivo é ter um local com capacidade para 40 mil pessoas, 3.500 vagas de estacionamento, restaurante, lojas, centro de imprensa e cobertura em todos os setores. Enfim, um estádio de primeiro mundo.

Neste sábado, o Grêmio Barueri enfrenta o Criciúma, pela Série B do Brasileiro, novamente em sua casa. Enquanto as obras da primeira fase não eram concluídas, o time mandou seus jogos no Palestra Itália, estádio do Palmeiras. Agora abre as portas para os grandes paulistas.

- Não pretendemos arrendar o estádio para nenhum clube grande, mas teremos prazer em receber qualquer um deles. Se quiserem mandar seus jogos aqui, terão espaço - conta Rubens Furlan, prefeito da cidade. Furlan, aliás, revela que a idéia de tornar a Arena Barueri (antigo Orlando Novelli) em um estádio pronto para receber a Copa surgiu após um entrevista do presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo Del Nero, que disse contar com o estádio para o Mundial. A partir daí, o projeto, que previa um local para 30 mil pessoas, passou a ser para 40 mil.

- Além de aumentar a capacidade, resolvemos colocar cobertura em toda a extensão dos assentos, para que nenhum setor fique descoberto. Já recebemos o caderno de encargos da Fifa, estamos preenchendo os formulários da CBF e cumprindo o que é preciso para estar entre os estádios da Copa - acrescenta Furlan.

Entre as exigências da CBF neste questionário inicial, o município precisa apresentar dados importantes, como número de quartos de hotéis e leitos de hospitais, informações sobre condições ambientais, de segurança e transporte, bem como detalhes do estádio em questão, entre outros. Os dados devem ser entregues até o dia 31 de maio deste ano.

Furlan explica que o estádio tem previsão de conclusão para dezembro de 2009, mas pretende aumentar o prazo por mais um ano, para que o investimento nas obras não afete o desenvolvimento de outros projetos sociais da cidade de Barueri. A arena não recebeu nenhum investimento privado por enquanto. A primeira fase da obra custou R$ 70 milhões e, para a conclusão do estádio, estima-se um gasto de mais R$ 80 milhões.

- Quando todo mundo estiver correndo atrás para construir estádio para a Copa, nós teremos um pronto - completa Furlan.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.