i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Dionísio Filho

Apenas o básico. Até quando?

  • Pordionisio@gazetadopovo.com.br
  • 19/11/2009 21:02

Os torcedores da dupla Atletiba continuam preocupados com o que poderá acontecer nas últimas três rodadas para fechar este Brasileirão.

Os do Coritiba, de certa forma, estão mais tranquilos, pois, se o time perder para o Santos terá a chance de se recuperar contra o Cruzeiro. E, caso perca, ainda terá o Fluminense no Couto Pereira, onde tem vencido seus últimos jogos.

Já os atleticanos têm o Cruzeiro, amanhã, na Arena, onde apenas uma vitória pode trazer tranquilidade. Caso não vença, terá outras duas chances: em casa, contra o Botafogo e, fora, contra o Barueri.

Tudo isso tem levado os torcedores, meio inconformados com o histórico dos dois times neste campeonato, a questionarem essa realidade paranaense, querendo saber até quando deverão esperar para ver a dupla Atletiba brigando pelo título, ao contrário de ficar lutando simplesmente para se manter na Série A.

Prioridade paranista

E o Paraná segue a rotina de bons resultados. A vítima dessa vez foi o Campinense que além de derrotado foi parar na Série C.

É prudente esclarecer que esse bom momento está permitindo ao torcedor contar com a esperança de que 2010 será diferente daquilo que foi planejado para a retirada desse time da posição incômoda que se meteu, fora do grupo de elite do futebol nacional. E isso, caro leitor, é um compromisso que essa nova diretoria já abraçou ao assumir o cargo.

Nesse sentido, é preciso que haja uma avaliação criteriosa de quem deve ou não permanecer no grupo, que retornará ao lugar de onde nunca deveria ter saído.

Agora, não é porque o time não alcançou seu objetivo neste ano que a maioria dos jogadores tem de ser dispensada. O Marcelo Toscano, por exemplo, chegou para jogar de lateral e não agradou a ninguém. Era extremamente criticado. A partir do momento que passou a jogar como atacante, inverteu o sentido de tudo aquilo que dele se comentava negativamente e tornou-se indispensável ao Tricolor. Graças à eficiência, também do trabalho do técnico Roberto Cavalo.

Ainda sobre a garimpagem do elenco, há de se considerar como prioridade a permanência do goleiro Zé Carlos, dos alas Murilo e Fabinho, do zagueiro Luís Henrique, dos volantes Adoniram e Luís Henrique Camargo, além dos meias Rafinha e Davi, formando assim a base a ser mantida. Não podendo esquecer também as duas grandes promessas, Élvis e Bruninho.

É preciso ainda que se façam novas contratações, sem a pretensão de fazer laboratório no Campeonato Paranaense, pois já ficou provado, nos dois últimos anos, que o resultado disso é apenas lutar para não cair. É isso.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.