i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Tiago Recchia

Melhores momentos – ou os menos piores

  • Portiagorecchia@gazetadopovo.com.br
  • 19/10/2009 21:02

Segundo o Data-Mikosz (Mi­­kosz é um amigo que vive com um jornal debaixo de um braço e um guarda-chuva no outro), o aproveitamento do técnico Antonio Lopes no comando do Atlético já é de 60%. Índice de campeão. Fosse assim desde o início, o Rubro-Negro estaria disputando o título com os graúdos da ponta de cima da tabela.

Mikosz garante que está em curso a arrancada do CAP rumo a uma das vagas da Libertadores. Claro que esta performance não é só por conta do Detetive Lopes. Foi a mexida geral feita do CT do Caju à Arena da Baixada. Houve uma pequena, porém eficiente, revolução no futebol atleticano, quando baniram os protagonistas que estavam levando o time à bancarrota.

O resultado está aí. Dez pontos afastado da guilhotina e indo ao clássico Atletiba mais relaxado e tranquilo que funcionário de biblioteca pública, imaginando-se em jogos pela Sul-Americana na temporada 2010.

Ao contrário do Coxa, que olha para a tabela com os dentes serrados, mordiscando pensamentos mórbidos de uma desastrosa nova queda à Segundona. Uma vitória no Couto sobre o maior rival caseiro será a última oportunidade de alguma comemoração verdadeiramente importante neste embaraçoso aniversário de 100 anos. Fa­­zer aniversário é sempre desgastante, custoso, onera os bolsos e a paciência. E nem sempre recebemos os presentes que desejaríamos.

* * * * *

Assisti apenas aos melhores momentos de Grêmio x Coxa e Atlético x Santo André, pela internet, no portal Globo.com. São as mesmas imagens da transmissão do pague pra ver do PFC – não há na internet nada melhor que isso.

Os "Melhores Momentos" (ou os momentos menos piores) dão uma ótima ideia de como foram os jogos. Achei que o Coxa merecia melhor sorte diante do Grêmio; pelo menos um empate. Os 2 a 0 foram demais para o Tricolor gaúcho, invicto em casa e com apenas uma vitória longe do Olímpico, contra o ZR Náutico. Ao menos foi esta a impressão que tive ao ver e rever os replays do jogo.

O Coxa bombardeou o Grêmio, chutou mais, jogou mais. Mas... não fazer gols fáceis – como os que Marcos Aurélio e Rômulo perderam, além de Thiago Gentil – é tornar difícil o ofício de jogar bola.

O lance que mais repeti no replay foi do Marcelinho Paraíba: arrancou do meio de campo, avançou até à grande área e armou um salseiro diante de três zagueiros; vendo que não iria furar a zaga, se afastou da área com a bola ainda nos pés para pensar melhor; viu Ângelo avançar pela direita e to­­cou feito Pelé para Jairzinho. Ân­­gelo cruzou na área e a bola encontrou Thiago Gentil, o último ho­­mem ali. Era só empurrar para dentro e empatar a partida.

Não entendo muito bem por que a torcida Coxa pega tanto do pé do MP9. "É porque ele é um mercenário; nunca beijou o escudo do time impresso na camiseta", disse um leitor. Faça-me o favor...

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.