i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Série B

Com futuro nebuloso, Paraná encerra mais um ano longe da elite nacional

Após repetir roteiro fracassado do ano passado, Tricolor recebe Fortaleza ainda sem renovar com Cavalo e abalado por greve

  • PorAndré Pugliesi
  • 26/11/2009 21:03
O técnico do Paraná, Roberto Cavalo, deve anunciar a renovação de seu contrato após o jogo desta noite | Ivonaldo Alexandre/ Gazeta do Povo
O técnico do Paraná, Roberto Cavalo, deve anunciar a renovação de seu contrato após o jogo desta noite| Foto: Ivonaldo Alexandre/ Gazeta do Povo

Tricolor tenta série invicta de 10 jogos

Certamente, não é nada do que o paranista esperava para esse jogo no início da competição. Porém, o confronto com o Fortaleza apresenta algumas atrações dentro de campo.

A primeira delas, a tentativa da equipe de Roberto Cavalo fechar a disputa com 10 partidas de invencibilidade. A última derrota foi contra a Portuguesa, 2 a 0, no Durival Britto. De lá para cá, foram quatro vitórias e cinco empates.

Outra atração está na meta. Será o primeiro jogo desde o início do goleiro Luís Carlos. O titular Zé Carlos está suspenso, o reserva Ney foi dispensado já que não deve permanecer no clube, e como a terceira opção, Thiago Rodrigues, acabou se machucando, sobrou para o jovem de 19 anos.

"Tenho de agarrar essa oportunidade e mostrar o meu valor. Estou de cabeça fria, conversei com o treinador e acredito que terei um bom desempenho", diz o arqueiro, revelado pelas categorias de base do Tricolor e com contrato até o fim de 2010.

A terceira atração é a chance de uma "vingança". Afinal, no primeiro turno, o Paraná foi impiedosamente goleado pelos cearenses, agora rebaixados para a Série C, por 4 a 0, no Castelão.

Mais um ano na Série B, mais um fim melancólico para o Paraná. Como em 2008, o Tricolor entra em campo para a última rodada sem pretensão alguma. Não sofre com o rebaixamento, nem alimenta mais a esperança de voltar à elite. Diante do Fortaleza, hoje, às 21 horas, joga por absolutamente nada.

De diferente, o fato de neste ano a equipe ter, pelo menos, "en­­­saiado" um retorno à elite, com uma arracanda no segundo turno da competição. Na temporada passada, a campanha limitou-se à briga contra um novo rebaixamento.

Porém, no fim das contas, a mesma missão não cumprida e o interesse do torcedor mais sobre o que se passa fora do que dentro das quatro linhas. Já que os gols e defesas de nada adiantarão, o que a torcida quer saber é: a nova diretoria, comandada pelo presidente eleito Aquilino Romani, cometerá os mesmos erros?

De uma das falhas o clube já "escapou". Não dará ao seu treinador, como fez com Paulo Comelli, carta-branca para montar o elenco. O problema é que Roberto Ca­­valo, o técnico que recuperou o time e há mais de uma semana está "garantido" para continuar, segue sem renovar.

"Está tudo andando da melhor forma possível, muita conversa, muito diálogo, agora estou pensando no último jogo, com o Forta­­leza", disse Cavalo, sobre a questão que pode ser resolvida hoje an­­tes da partida e ter o seu anúncio oficial na entrevista coletiva após a bola rolar.

Se fosse esssa a principal dificuldade do Tricolor, menos mal. Mas quando tudo caminhava para um término tranquilo de Segundona (mesmo com o fracasso), o Paraná viveu uma semana em que seus problemas financeiros acabaram escancarados.

Teve até paralisação dos atletas no Durival Britto. Situação contornada com a promessa de quitar a dívida – cerca de R$ 1 milhão, referente a um salário e dois direitos de imagem – até hoje, com o dinheiro da venda de parte dos direitos de algumas de suas revelações para a empresa Zetex Sports.

"Foi uma semana diferente, mas isso acontece. O que posso garantir é que não vai faltar luta dos nossos atletas. Queremos terminar bem, pois a última impressão é a que fica", diz o técnico.

Crise passageira, segundo a diretoria paranista, que levanta dúvidas sobre as condições do clube para se montar um grupo forte de atletas visando 2010. Dezoito jogadores têm seu contrato vencendo nos próximos dias – incluindo os destaques, casos do goleiro Zé Carlos, do meia Davi e do atacante Rafinha.

"Tenho certeza de que o grupo reagiu bem, mostrou isso dentro de campo, um campeonato difícil. Mas encaixou o time. Infelizmente, foi tarde. Esse grupo se tivesse mais partidas iríamos para a Série A. Por isso a importância de manter essa base para o ano que vem", comenta Cavalo.

Até o momento, o único jogador que já encaminhou o prolongamento de seu vínculo com o Tri­­color foi o volante João Paulo. Ainda falta assinar o contrato.

* * * * *

Ao vivo

Paraná x Fortaleza, às 21 horas, no PFC e no tempo real da Gazeta do Povo (www.gazetadopovo.com.br/esportes).

* * * * *

Veja a ficha técnica do jogo Paraná X Fortaleza

Em Curitiba

Paraná

Luís Carlos; Luis Henrique, Montoya e Leandro; Murilo, Adoniran, Luiz Henrique Camargo, Davi e Márcio Goiano; Marcelo Toscano e Rafinha (Ígor).

Técnico: Roberto Cavalo.

Fortaleza

Douglas; Gilmak, Rocha e Édson; Dedé, Leandro, Saulo, Bismarck e Guto; Marcelo Nicácio e Marcelo de Faria.

Técnico: Roberto Fernandes.

Estádio: Vila Capanema. Horário: 21 horas. Árbitro: Evandro Tiago Bender (SC). Auxs.: Ângelo Rudimar Bechi (SC) e Eberval Lodetti (SC).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.