i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Atletismo

Com melhor marca do ano, Fabiana é ouro no Ibero-Americano na Espanha

Brasileira marca 4,85 e tem novo recorde sul-americano do salto com vara

  • PorGloboEsporte.com / Globo.com
  • 04/06/2010 14:54

As 18 passadas parecem estar funcionando para Fabiana Murer. Nesta sexta-feira, novamente utilizando a nova técnica, como no GP Brasil, a atleta da BM&F conquistou mais um ouro no salto com vara. Em sua primeira prova ao ar livre na temporada fora do Brasil, a brasileira venceu o Ibero-Americano de San Fernando, na Espanha, com 4,85m. É o novo recorde sul-americano da prova, além da melhor marca da temporada.

Em San Fernando, Fabiana começou a saltar com o sarrafo elevado a 4,50m, quando suas adversárias já tinham parado. A brasileira Karla Rosa da Silva levou a medalha de prata (4,30 m), empatada com a espanhola Anna Ortiz Pinero. Fabiana saltou 4,50m, 4,65m e 4,76m, todos na primeira tentativa. Depois 4,85 m, no terceiro salto, para o recorde continental. Estava tão confiante que ainda pediu para o sarrafo ser elevado a 4,93m, mas não passou.

"É alto, muito alto. A prova foi um pouco demorada, mas eu me senti bem e fico feliz por estar acontecendo o que planejamos. Agora fica mais fácil pensar nos 4,90m," disse Fabiana.

Fabiana foi campeã mundial indoor, em março, mas esta foi a sua segunda competição na temporada outdoor - havia saltado 4,75 m, que era a melhor marca do mundo no ano, no GP Brasil, no mês passado.

A atleta permanece na Europa e saltará nos Grand Prix da Diamond League: Roma (ITA), dia 10 de junho; Eugene (EUA), 3 de julho; Gateshead (ING), 10 de julho; Montecarlo (MON), 22 de julho; Estocolmo (SUE), 6 de agosto; e Zurique (SUI), 19 de agosto. Antes da última prova da Diamond League, Fabiana ainda participará do GP de Londres, dia 13 de agosto. Depois, saltará no GP de Zagreb (1/9) e na Copa Continental Split (4/9), ambos na Croácia.

Brasil conquista outras medalhas

Outros resultados importantes no Ibero-Americano foram as vitórias do Brasil nos 100m rasos: Nilson de Oliveira André (10s24) e Ana Cláudia Lemos da Silva (11s38). Nos 5.000 m, Marilson Gomes dos Santos ficou com a medalha de prata (13m34s92). O ouro foi ganho pelo espanhol Ayad Lamdassem El Mouchin (13m32s48) e o bronze pelo argentino Miguel Barzola (13m42s55).

No lançamento do martelo, Wagner Domingos, o Montanha, conquistou a medalha de bronze, com 70,95m, atrás do cubano Roberto Janet (73,82m) e do argentino Juan Ignácio Cerra (71,37m).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.