i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Futsal

Com muita emoção, Brasil vira sobre a Argentina e vai às semifinais do Mundial

Seleção brasileira perdia por 2 a 0 até quando faltavam sete minutos para o fim. Mas Falcão foi decisivo para o empate no tempo normal e a vitória na prorrogação

  • PorAgência Estado
  • 14/11/2012 06:55
Jogadores da seleção brasileira comemoram com Falcão gol na vitória sobre a Argentina pelas quartas de final do Mundial | Pornchai Kittiwongsakul / AFP
Jogadores da seleção brasileira comemoram com Falcão gol na vitória sobre a Argentina pelas quartas de final do Mundial| Foto: Pornchai Kittiwongsakul / AFP

Com uma virada dramática sobre a Argentina, a seleção brasileira venceu por 3 a 2 nesta quarta-feira (14), em Bangcoc, na Tailândia, e garantiu vaga na semifinal do Mundial de Futsal. O Brasil perdia por 2 a 0 até quando faltavam pouco mais de 7 minutos para o fim do jogo, mas reagiu com um gol de Neto e dois do herói Falcão, sendo o último na prorrogação.

Os brasileiros terão pela frente na próxima fase a surpreendente Colômbia, que venceu a Ucrânia por 3 a 1 também nesta quarta. O confronto será às 10h30 (de Brasília) de sexta-feira.

A outra semifinal será entre a Itália e Espanha. Os italianos passaram por situação parecida com a do Brasil ao verem Portugal abrir 3 a 0. Mas também conseguiram o empate no fim e, embalados, concretizaram na prorrogação a vitória por 4 a 3. Os espanhóis venceram a Rússia por 4 a 3 no último jogo do dia. O jogo

O atual campeão mundial fez um primeiro tempo para esquecer diante dos argentinos. Irreconhecível, o time nacional não conseguia justificar seu favoritismo e encarou um rival que não se acovardou e partiu para o ataque desde o início.

Cuzzolino, logo aos 2 minutos, obrigou Tiago a praticar boa defesa, e pouco depois Basile acertou a trave. O Brasil respondeu em seguida, com duas chances seguidas em um mesmo lance. Primeiro Fernandinho parou no goleiro Elías e no rebote Simi cabeceou para nova defesa do argentino.

O equilíbrio prevalecia, com os dois times alternando bons ataques, até que Jé começou a complicar a vida dos brasileiros. Em um intervalo de menos de três minutos, o brasileiro conseguiu "cavar" sua expulsão. Primeiro cometeu falta por trás em Borruto - segurou o rival e foi punido com o cartão amarelo. Pouco depois, ao proteger a bola com um tranco acintoso em um adversário, recebeu o segundo amarelo e consequentemente o vermelho, deixando o time com um homem a menos em quadra.

Mesmo com um jogador a menos por dois minutos - tempo após o qual o jogador expulso pode ser substituído -, os brasileiros seguraram a pressão. Entretanto, nervosa em quadra, a seleção tomou dois gols em menos de um minuto. Quando faltavam 3min30s para o final da primeira etapa, Rescia recebeu pela direita em rápido contra-ataque e chutou no canto direito baixo de Tiago, que ainda tocou na bola antes de ela entrar. Desarrumado, o Brasil sofreu o segundo a 2min53s para o fim da etapa. Borruto fez boa jogada individual, gingou para cima da marcação e chutou mascado, mas a bola acabou entrando entre as pernas de Tiago, que deixou passar um arremate defensável.

Na etapa final, contando com a volta do titular Wilde, que não atuou no primeiro tempo, a seleção brasileira começou com tudo e imprimiu forte pressão. Porém o goleiro Elías vivia uma jornada inspirada e, para completar, tinha sorte, pois Rafael, Vinícius, Simi e Falcão, nesta ordem, pararam na trave em fortes finalizações.

Falcão, ainda em fase de recuperação de lesão muscular e com paralisia facial causada pelo estresse da contusão, só entrou em quadra com 6 minutos do segundo tempo, mas estava longe das condições ideais. Do outro lado, com boa vantagem no placar, os argentinos se fechavam e só saíam nos contra-ataques.

Mas, quando tudo parecia perdido, Neto finalmente conseguiu furar o paredão argentino. Ao receber com liberdade pela esquerda, soltou uma bomba na diagonal no canto baixo de Elías, aos 12 minutos. Pouco mais de um minuto depois, o Brasil chegou ao empate com seu maior astro. Falcão recebeu de costas para o gol e, mesmo marcado de perto, girou para finalizar muito rápido, de novo no canto esquerdo baixo de Elías.

Após o empate, o Brasil seguiu pressionando, mas chegou ao limite de cinco faltas e passou a, consequentemente, marcar os rivais com mais cautela. E o jogo acabou indo para a prorrogação.

Falcão decide no tempo extra

Estourado no limite de cinco faltas, o Brasil sofreu um pouco no primeiro tempo da prorrogação, pois novas infrações causariam tiros livres diretos. Mas conseguiu se segurar. Tiago fez ao menos duas boas defesas e, quando faltavam apenas 18 segundos para o fim da primeira etapa, Falcão recebeu escanteio batido pela direita e finalizou de primeira, de longe, de novo no canto esquerdo baixo de Elías, que tocou na bola antes de ela entrar.

Após o gol, Falcão não suportou a emoção e foi às lágrimas. Em seguida, o astro foi sacado de quadra e, no banco de reservas, seguiu emocionado.

Sem Falcão em quadra na etapa final da prorrogação, o Brasil suportou a pressão argentina, que começou a marcar mais forte no ataque e também estourou o limite de cinco faltas. Sofrendo até o último segundo, a seleção assegurou de forma épica a vaga na semifinal de mais um Mundial.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.