031820

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Com saída de Heber Roberto Lopes, Paraná fica sem árbitro da Fifa

mudança

Com saída de Heber Roberto Lopes, Paraná fica sem árbitro da Fifa

Federação Catarinense de Futebol anunciou nesta terça-feira a transferência do juiz paranaense para seu quadro

  • Ana Luzia Mikos
Ingresso no quadro da Federação Catarinense agradaria a esposa de Heber Roberto Lopes, que deseja morar no estado vizinho |
Ingresso no quadro da Federação Catarinense agradaria a esposa de Heber Roberto Lopes, que deseja morar no estado vizinho
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O Paraná não tem mais nenhum árbitro da Fifa. Foi anunciada nesta terça-feira a transferência do árbitro Heber Roberto Lopes para o quadro da Federação Catarinense de Futebol (FCF). A informação foi confirmada pelo presidente da entidade, Delfim Peixoto Filho. Evandro Rogério Roman, outro juiz que possuía o escudo Fifa, desistiu de fazer os testes físicos para seguir no quadro da Fifa. Roman é o secretário estadual de Esporte. Já o auxiliar Roberto Braatz está jubilando do quadro da entidade pela idade de 45 anos.

“Nos conhecemos há mais de 15 anos e há uns três anos estamos negociando a vinda dele para cá. Era um desejo antigo do Heber e, principalmente, da esposa dele, morar no nosso litoral, em Camboriú ou Itapema. Enfim deu certo”, explicou Peixoto. “Ele é um grande árbitro e será muito bom para o futebol catarinense contar com o trabalho dele”, acrescentou.

O presidente da FCF lembrou que outros árbitros percorreram o mesmo caminho. Entre os mais conhecidos está o mineiro Márcio Resende de Freitas, que nos últimos cinco anos de carreira apitou pelo futebol catarinense.

Muito criticado pelos atleticanos, Heber Roberto Lopes apitou 11 Atletibas, com seis vitórias do Coritiba, quatro empates e uma vitória rubro-negra.

A reportagem está tentando contato com Heber Roberto Lopes, mas o árbitro não atende as ligações. O presidente da Comissão de Árbitros do Paraná, Afonso Victor de Oliveira, também não atende as ligações da reportagem

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE