Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Sem resultados em campo, a França acumula também problemas de relacionamento. A última confusão ocorreu no in­­tervalo da derrota para o Mé­­xico. O atacante Anelka xingou o técnico Raymond Do­­menech – considerado o pivô das insatisfações do elenco – e foi ex­­cluído ontem do grupo. Ao ser criticado pelo comandante, Anel­­ka retrucou com palavras como "sujo" e "filho da p..." A ministra do Esporte da França, Ro­­se­­lyne Bachelot, pediu "dignidade" à seleção.

Buffon

O goleiro da seleção italiana, Gianluigi Buffon, decidiu se submeter a uma cirurgia após o término do Mundial-2010. O jogador sofre com uma hérnia de disco e nem enfrenta a Nova Zelândia, hoje. Com a operação, Buffon deve deixar os gramados por cerca de quatro meses, para curar uma lesão que o acompanha há dois anos. "Eu sempre pensei em tudo. Mas é hora de pensar em mim", admitiu o arqueiro. Não é certo que Buffon volta a atuar no Mundial.

Cambistas

Os cambistas são um problema difícil de contornar na África do Sul. A polícia não consegue impedi-los de se proliferar no entorno dos estádios da Copa do Mundo. Os bilhetes, vendidos por entre 200 e 4.500 rands (cerca de R$ 47 e R$ 1.000), seriam ilegais segundo as investigações. Trabalhando com a Scotland Yard e dois setores da Fifa, a polícia suspeita de que empresas estejam vendendo entradas que receberam da entidade para o torneio. A Fifa tem comunicado as companhias a não permitirem esse comércio ilegal. Sites na internet anunciando os ingressos também têm sido caçados.

Página virada

Esquecer. É isso que o lateral e capitão Lahm indica para o elenco alemão após a derrota para a Sérvia, na segunda rodada do grupo D. "Devemos olhar para a frente. Mas não estou preocupado. Mostramos que sempre conseguimos criar oportunidades de gol", comentou, elogiando o desempenho do time mesmo atuando com 10 jogadores, já que Klose foi expulso.

Fanfarrão

Celso Amorim, ministro das Relações Exteriores, levou seu cargo muito a sério na hora de dar uma entrevista para o site sérvio Blic. Nitidamente preocupado em fazer média com o país europeu, ele afirmou que vê a possibilidade de uma final entre Brasil e Sérvia – que um dia antes havia vencido a Alemanha por 1 a 0. "A Sérvia tem um grande time e é uma das favoritas para alcançar as finais da Copa do Mundo", falou, confirmando em seguida que confia no hexacampeonato.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]