Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Pelé eximiu o técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, de qualquer culpa em relação à derrota histórica do Brasil por 7 a 1 para a Alemanha na semifinal da Copa do Mundo. O "Rei" participou de ação de marketing de um de seus patrocinadores em lanchonete no centro do Rio de Janeiro na manhã deste sábado (12) e classificou como "desastre" o que aconteceu com a seleção brasileira.

Quando questionado sobre quem deveria comandar a equipe após o Mundial, Pelé sequer hesitou. "Felipão. Porque ele não teve nenhuma culpa no que aconteceu. Foi um desastre", defende. "O técnico que perde um jogo não tem que ser criticado ou mandado embora, principalmente da maneira como nós perdemos. Isso não tem explicação, foi um desastre", insiste.

Pelé relembrou ainda o bom desempenho de Scolari na Copa do Mundo de 2002, quando conduziu o Brasil ao quinto título mundial "Quando o Felipão foi campeão ninguém falou que ele tinha que sair", argumentou antes de defender também os jogadores brasileiros. "Eu acho que todo esse time que está aí tem oportunidade de jogar outra Copa, porque são jogadores jovens e a gente pode ter um time super bem preparado para o próximo Mundial, na Rússia."

Diplomático, o "Rei" elogiou a competição realizada no Brasil e preferiu não palpitar sobre o próximo campeão. "Tivemos um grande Mundial, com muitos gols, equipes muito boas e as duas que estão na final são excelentes", disse. "Espero ver uma grande partida, sem dúvida nenhuma, mas não importa quem vai vencer, porque a minha seleção já está fora", confessa.

O ex-jogador evitou falar até sobre quem seria o melhor atleta desta Copa. Finalista e grande craque da Argentina, o atacante Lionel Messi é um dos favoritos. Pelé, no entanto, prefere ver o que vai acontecer na decisão deste domingo, 13, antes de palpitar. "Temos que esperar a final e ver como ele (Messi) vai se sair." Na sequência, um dos jornalistas comparou Messi a Pelé e o rei respondeu sorrindo: "Não, eu continuo sendo melhor do que ele. Ele é um dos melhores, mas há Maradona e Di Stéfano também", finalizou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]