i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Brasileiro

Coritiba tenta superar crise defensiva

  • PorMarcio Reinecken
  • 30/06/2009 21:03
Suspenso da próxima partida, contra o São Paulo, o zagueiro Felipe admitiu ter falhado no Beira-Rio, contra o Internacional | Daniel Castellano/Gazeta do Povo
Suspenso da próxima partida, contra o São Paulo, o zagueiro Felipe admitiu ter falhado no Beira-Rio, contra o Internacional| Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

Alviverdes

Fora

O lateral-esquerdo Rodrigo Crasso deve estrear na vaga de Carlinhos Paraíba, suspenso. René, contudo, mantém a dúvida. Ele quer ver o comportamento de Douglas Silva, que voltou a treinar com bola na semana passada após nova lesão no púbis. O atleta estava em recuperação desde abril. Mas o retorno contra o São Paulo é improvável.

Retorno

Quem retorna após cumprir suspensão contra o Inter é o volante Leandro Donizete. Já o atacante Rodrigo Batata voltou a treinar com bola e deverá estar à disposição de René.

Coritiba 100 anos

Faltam 103 dias - 1.º de julho

... Em 1913 nasce Pizzattinho (Theodorico Pizzatto) em Araucária (PR). Meia-esquerda, o "Tanque" como era conhecido Pizzattinho, foi um dos maiores jogadores do futebol paranaense, conquistando os títulos estaduais de 1931,1933 e 1935. Jamais atuou por outra equipe e encerrou a carreira com apenas 24 anos, em janeiro de 1938.

...Em 1955 nasce Gardel (Carlos Gardel Bruno), em Vitória (ES). O zagueiro estreou no Coritiba em Setembro de 1978, e atuou no clube pela última vez no Campeonato Brasileiro de 1985, quando atuou nas 5 primeiras partidas.

... Em 1956, pelo Campeonato Paranaense, o Coxa goleia o Jacarezinho por 5 a 1.

Se você tem objetos, vídeo, áudio e fotos relativos ao passado do Coritiba, ligue para 41 9957-8672. Os Helênicos se responsabilizam por buscar, fotografar e devolver o material com a maior brevidade possível.

O Coritiba tem a pior zaga do Campeonato Brasileiro. São 16 gols sofridos em oito jogos. Uma média de dois gols tomados por partida, o que faz a equipe ser a que mais perdeu na competição (5 vezes) e coloca o clube em uma situação delicada na tabela: 18º colocado, na zona de rebaixamento.

Os principais motivos para o fraco desempenho do setor defensivo – ponto de desequilíbrio do time (já o ataque marcou 12 gols e é o 7º em aproveitamento) – são muitos, mas principalmente a falta de continuidade e o grande número de erros individuais.

Em oito rodadas o Alviverde ainda não conseguiu repetir a formação de sua defesa de uma partida para a outra. O jogador da defesa que mais atuou (Felipe, sete partidas) é quem está na pior fase. Para não ir longe, apenas na derrota por 3 a 0 contra o Inter ele falhou em dois dos três gols colorados.

"No último jogo houve muitas falhas individuais, principalmente as minhas. Série A é isso aí, errou não tem volta. Mas estou tranquilo e tenho a confiança do treinador", afirmou o zagueiro, que nega estar sendo influenciado pela possibilidade de transferência. "Essas especulações (de venda para Portugal) vêm desde o ano passado e nunca me afetaram."

Os erros foram o assunto principal da conversa de René Simões com o elenco, ontem, antes do treinamento. Ele pediu mais tranquilidade, menos ansiedade e, principalmente, mais concentração.

"Erramos e não foi só na defesa. O primeiro gol saiu de uma falta que demos as costas para a bola. O segundo saiu de um lateral. Erros que desmobilizaram. Não podem acontecer", afirmou o treinador, que prefere não justificar a derrota na impossibilidade de repetir a escalação defensiva. "Quando não tomamos gol contra o Flamengo e não repeti a formação contra o Náutico não reclamei disso, pois também não havíamos sofrido gols. Agora acho que foi apenas uma tarde infeliz. O ideal é repetir a equipe, mas o número de cartões e lesões não têm permitido isso."

Contra o São Paulo, domingo, a situação deverá se repetir: Felipe está suspenso; Pereira torceu o joelho e não deverá ser liberado. A formação deverá ter Cleiton, Jaílton e Démerson, novamente inédita.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.