Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Perspectiva de um dos projetos apresentados à diretoria do Coritiba. | /Divulgação
Perspectiva de um dos projetos apresentados à diretoria do Coritiba.| Foto: /Divulgação

O presidente do Coritiba, Rogério Bacellar, admitiu que caberá ao Conselho Deliberativo do clube a palavra final sobre o novo Couto Pereira.

Existem duas correntes no Coxa: a primeira, liderada pelo vice-presidente Alceni Guerra, defende a demolição total da atual praça esportiva e construção de uma inteiramente nova; a segunda, defendida pela maioria dos conselheiros, sustenta a reforma do atual estádio, com custos menores para o clube — opção que tem mais força no clube neste momento [confira aqui os detalhes].

“A reforma do Couto Pereira é viável? Vamos ver. Tudo isso é um estudo que está sendo feito pelo Conselho Deliberativo, pela comissão de patrimônio, e com o Alceni [Guerra] do outro lado. O Deliberativo vai analisar qual o melhor projeto e qual o melhor custo-benefício”, argumentou Bacellar na manhã desta quarta-feira (23), no CT da Graciosa.

“Se for reformar o Couto [Pereira] ou se construir um novo estádio. Mas isso não é da minha gestão, é da próxima gestão”, prosseguiu o cartola, cujo mandato no Coritiba termina em dezembro deste ano. Bacellar, por sua vez, já assegurou que não concorrerá à reeleição.

Na manhã da última terça-feira (22), Bacellar e Guerra estiveram reunidos com o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, para debater a nova Lei de Zoneamento da cidade, que está sendo formulada.

O Coxa defende alterações em relação à região do Alto da Glória, onde fica o Couto Pereira, visando às obras futuras do estádio.

Cobrança do prefeito

Sobre a cobrança que Greca fez a Bacellar, para que o Coxa não fosse rebaixado, o mandatário alviverde assegurou que não existe o menor risco quanto a isso. Vale lembrar que ambos são primos.

“Na reunião falamos da Lei de Zoneamento, o que queremos melhorar no Alto da Glória. Disseram que o prefeito me cobrou para o Coritiba não cair, primeiro que não cobrou nada, segundo que o Coritiba não vai cair e vai lutar pelos primeiros lugares”, comentou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]