Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Coritiba, de Kléber, está acima do Palmeiras na tabela. | Albari Rosa/Gazeta do Povo
Coritiba, de Kléber, está acima do Palmeiras na tabela.| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

O atacante Kléber minimizou a disparidade financeira entre o Coritiba e o Palmeiras, adversário da noite de quarta-feira (7), às 19h30, no Couto Pereira, pela 5.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Gladiador admite que é difícil comparar as realidades de investimentos das duas equipes, mas lembrou já ter atuado em clubes cujos elencos eram milionários, mas em que os jogadores não tinham comprometimento.

“Óbvio que não dá para comparar, o Palmeiras gasta 80 e poucos milhões com contratações. Mas temos jogadores também e, principalmente, jogadores que querem”, opina. “Não adianta você comprar um jogador que custa muito, mas não quer. Já vivi isso em outros clubes, jogador que não está nem aí e não faz questão, o importante é receber o salário e sem comprometimento”, prossegue.

TABELA: veja a classificação da Série A do Brasileiro

Saiba quanto o Coxa precisa pagar de multa para usar Alecsandro contra o Palmeiras

Leia a matéria completa

Segundo o Gladiador, este não é o caso do Coxa. “Temos um elenco de respeito, jogadores que já jogaram em grandes equipes e em competições importantes. Mesmo aqueles que não jogaram, têm entrado e correspondido”, reforça.

Destaque do Coritiba, lateral celebra estabilidade contratual com o clube

Leia a matéria completa

Kléber faz apelo por mais sócios no Coxa

Kléber também fez um apelo aos torcedores do Coritiba para que se associem e ajudem o clube a atingir a marca de 25 mil associados. Caso atinja a meta, o Coxa promete contratar em definitivo o zagueiro Márcio e o volante Matheus Galdezani — o primeiro pertence ao Atibaia, o segundo ao Mirassol. Ambos estão emprestados apenas até o final do ano.

“O torcedor tem de ser mais ativo no clube, ele não tem noção da importância que têm para nós jogadores”, afirma. “Vão melhorar a estrutura, a revelação de jogadores, contratar mais, fazer times mais fortes, salários em dia, porque é assim que funciona”, completa.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]