Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Placar  trocado no Couto Pereira: tudo deu errado para o Coritiba contra o Foz. | /Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
Placar trocado no Couto Pereira: tudo deu errado para o Coritiba contra o Foz.| Foto: /Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

O diretor de futebol do Coritiba , Augusto de Oliveira, falou em entrevista coletiva após a derrota para o Foz do Iguaçu por 3 a 1, neste domingo (11), no Couto Pereira, pela terceira rodada da Taça Caio Júnior. O diretor declarou que o meia Ruy é um dos nomes que encabeçam a lista de empréstimos do Coxa, já há, inclusive, um início de conversa com o Sport.

Augusto de Oliveira também afirmou que o clube deve ter outras mudanças, chegadas de novos jogadores, dispensas e confirmou o técnico Sandro Forner no cargo. “O Sandro é o nosso treinador e, em nenhum momento, nos passou pela cabeça qualquer tipo de dúvida ou substituição. O Sandro é o nosso treinador e podem ficar tranquilos”, declarou.

Confira os trechos da entrevista de Augusto de Oliveira após a derrota

Augusto Oliveira, diretor do Coritiba. Reprodução Coritiba
Avaliação dos jogadores contratados

Eu respeito planejamento do Sandro e a gente não vai expor nenhum atleta a nível individual neste momento. Entretanto, temos uma equipe capacitada para analisar técnica e taticamente para analisarmos e tomarmos as devidas providências. Então, se os resultados ou o nível de jogo acaba não sendo a contento, a gente liga o alerta e, na medida do possível, vamos fazer as devidas alterações.

Cobrança em início de temporada e jogadores jovens

A cobrança no futebol é a cada rodada. Nós somos avaliados a cada rodada do campeonato. Então, duas vezes na semana, nós estamos propensos a essas avaliações, sendo elas fundamentadas ou não fazem parte do futebol e temos que conviver com isso. O Coritiba é grande o suficiente para absorver aqueles atletas que vão nos dar retorno e também temos uma leitura do ponto de vista coletiva daqueles que voltaram de empréstimos, ou foram incorporadas, ou ascenderam da categoria de base e não nos deram um retorno técnico a priori, a gente tem uma liberdade para poder remodelar sem abrir mão das nossas convicções. Então, isso nos convence de que se precisa reforçar, nós vamos reforçar e a torcida tem toda a razão de em alguns momentos expressar seu sentimento. Mas a gente pensa um planejamento, isso foi estruturado e a gente pretende seguir, fazendo as alterações de rotas que o mercado exige e a cobrança da torcida também vai ser levada em consideração.

Ruy deve ser emprestado

A ideia de manter um planejamento, respeitando o número de atletas de uma equipe principal, requer que a gente busque um direcionamento para aqueles atletas que estão conosco e que não deram um retorno satisfatório. Então, o Ruy, sim, é um dos nomes que a gente já vem trabalhando para que este empréstimo aconteça. Existe conversa com o Sport, mas a gente prefere tratar internamente.

Reforços

De cinco a seis jogadores, de seis a 10, mas, independente, do número, acho que a gente não pode se ater muito ao número e, sim, a qualidade destes atletas que vão ser incorporados. Então, a tenho tem sim carências em alguns setores, tivemos alguns problemas de lesões e isso não vai interferir no número de atletas que vamos incorporar. Obviamente, a cada entrada de atletas, a gente pensa em dar liberdade para que alguns sigam o caminho para outra equipe, para que nós mantenhamos um número limite para que o trabalho aconteça no dia a dia e o Sandro não se preocupe com 40, 45 jogadores no elenco.

Investimento

A gente pensou em uma estratégia de campeonato Estadual de que seria para fazer experiências tendo em Vista que nosso objetivo ele é muito maior na Série B do que no Estadual e obviamente a gente pensa em algumas incorporações de um nível superior aos que foram feitos até agora, mas isso também não garante que o retorno técnico vai vir com absoluta certeza, depende do trabalho e do perfil destes atletas que venham a ser incorporados.

Contrações de peso

Estas contratações de peso não dependem elas exigem um financeiro um pouco mais elevado e uma classificação na copa do Brasil pode facilitar, mas não é o único fator que sustente as próximas incorporações.

Sandro Forner

Total confiança, o Sandro é o nosso treinador e, em nenhum momento, nos passou pela cabeça qualquer tipo de dúvida ou substituição. O Sandro é o nosso treinador e podem ficar tranquilos.

Confira o lance a lance e a ficha técnica de Coritiba x Foz:

VEJA TAMBÉM:

>> BRASILEIRÃO 2018: veja a tabela completa da Série A

>> SÉRIE B: confira a tabela completa da Segundona

>> COPA DO BRASIL: confira os resultados e o chaveamento completo do torneio

>> LIBERTADORES, SUL-AMERICANA, COPA DO MUNDO: veja todas as tabelas

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]