i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Brasileirão

Salvador de novo? Veja o retrospecto de Pachequinho como técnico do Coritiba

  • 29/10/2020 15:32
Pachequinho volta a comandar o Coritiba enquanto clube busca técnico
Pachequinho volta a comandar o Coritiba enquanto clube busca técnico| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Sem novo técnico, o Coritiba terá Pachequinho no comando contra o Atlético-GO, neste sábado (31), pela 19ª rodada do Brasileirão. Ídolo do clube, o ex-atacante de 50 anos retorna ao Alto da Glória depois de três anos para compor a comissão técnica permanente.

Sua última passagem pelo Coxa durou mais de 10 anos, atuando em diversas funções, como olheiro, técnico das categorias de base, auxiliar e treinador do time principal. Pachequinho comandou o Coritiba em três ocasiões diferentes, sendo duas delas interinamente e uma como técnico efetivado.

Na reta final do Brasileirão 2015, o então auxiliar-técnico foi acionado para salvar o clube do rebaixamento após a demissão de Ney Franco. O Coxa escapou após três vitórias, um empate e uma derrota. Aproveitamento de 66%.

Tabela do Brasileirão 2020: veja a classificação e todos os jogos

No ano seguinte, novamente Pachequinho serviu de tampão para uma nova crise no Brasileiro. Gilson Kleina caiu após a quinta rodada e abriu espaço para o auxiliar. Só que desta vez, foram 14 rodadas no comando interino com aproveitamento de apenas 40% (quatro vitórias, cinco empates e cinco derrotas).

No final do primeiro turno, o Coxa somava 21 pontos e estava a uma posição acima da ZR. Carpegiani foi contratado na sequência e livrou o clube da queda.

Pachequinho já assumiu o Coritiba em outras épocas de crise
Pachequinho já assumiu o Coritiba em outras épocas de crise| Albari Rosa/Gazeta do Povo

Pachequinho comandou o Coritiba em 2017, ano do rebaixamento para Série B

A terceira vez que Pachequinho assumiu o Coritiba foi de forma definitiva, logo após a demissão do próprio Carpegiani, em fevereiro de 2017. Com ele, o Alviverde conquistou o Paranaense (último título do clube) e teve o ídolo no comando por 15 rodadas no Brasileirão.

O início na Série A foi empolgante com quatro vitórias nos primeiros cinco jogos. Porém, o time parou de vencer e o técnico foi demitido com 42% de aproveitamento (cinco vitórias, quatro empates e seis derrotas). O time era o 13ª colocado com 19 pontos, quatro acima da ZR.

Marcelo Oliveira assumiu, a equipe piorou e a campanha terminou em rebaixamento para a Série B. Somando com o Estadual, Pachequinho teve 53% de aproveitamento em 2017.

Atualmente, o Coritiba soma apenas 29% de aproveitamento no Brasileirão, com 16 pontos em 18 rodadas.

Números de Pachequinho comandando o Coritiba no Brasileirão somando 2015, 2016 e 2017

12 vitórias
10 empates
12 derrotas
Aproveitamento: 45%
Vitórias em casa: 7
Vitórias fora: 5
Empate em casa: 7
Empate fora de casa: 3
Derrotas em casa: 3
Derrotas fora: 9
Gols pró: 38
Gols contra: 40

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 1 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • R

    Repolhinho Bocó

    ± 0 minutos

    Pachequinho não deveria se submeter a este papel de quebra galho. Vira marido de aluguel!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso