Danica Patrick se sentiu lisonjeada, mas desconhece proposta para ir para a F1 | Brent Smith / Reuters
Danica Patrick se sentiu lisonjeada, mas desconhece proposta para ir para a F1| Foto: Brent Smith / Reuters

A corredora norte-americana Danica Patrick disse que ficou lisonjeada ao ver seu nome ligado a uma proposta de nova equipe dos EUA na Fórmula 1, mas informou que o projeto é novidade para ela.

"Não houve nenhuma citação minha nas reportagens, porque ninguém falou comigo", disse a primeira mulher a vencer na Fórmula Indy aos jornais canadenses, depois de aparecer em um show automobilístico em Toronto, na quarta-feira.

"Estou muito lisonjeada. Acho que, toda vez em que seu nome aparece na mesma frase que 'Fórmula 1', é algo para te deixar lisonjeada", disse.

"Eu não expressei muita animação e interesse em viajar pelo mundo. Vejamos o que eles têm a dizer, porém. Talvez eles liguem."

A equipe USF1, que estrearia em 2010, deve ser apresentada pela Sky TV no dia 24 de fevereiro.

Já há um site (www.usf1.com) contando as horas para o lançamento.

"Provar que a tecnologia americana, os pilotos americanos e o espírito competitivo americano podem competir e ganhar na F1 tem sido nossa missão há vários anos", diz o site.

A equipe, que planeja ter sede na Carolina do Norte e na Espanha, ainda tem e confirmar sua entrada no campeonato e seus patrocinadores.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]