Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Olimpíadas têm nova data confirmada para 2021
Olimpíadas têm nova data confirmada para 2021| Foto: Charly Triballeau/AFP

Após o adiamento por causa da pandemia de coronavírus, as Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio já têm nova data para acontecer. Os Jogos Olímpicos foram confirmados entre os dias 23 de julho e 8 de agosto em Tóquio, capital japonesa. Os Jogos Paralímpicos devem acontecer entre 24 de agosto e 5 de setembro.

A decisão foi confirmada nesta segunda-feira (30), após negociações entre o Comitê Olímpico Internacional (COI), dirigentes de federações nacionais e comitês de cada país.

“Quero agradecer às Federações Internacionais pelo apoio unânime e às Associações Continentais dos Comitês Olímpicos Nacionais pela grande parceria e pelo apoio no processo de consulta nos últimos dias. Também gostaria de agradecer à Comissão de Atletas do COI, com quem mantemos contato constante”, disse Tomas Bach, em comunicado divulgado pelo COI.

“Com este anúncio, estou confiante de que, trabalhando em conjunto com o Comitê Organizador de Tóquio 2020, o Governo Metropolitano de Tóquio, o Governo Japonês e todas as nossas partes interessadas, podemos superar esse desafio sem precedentes. Atualmente, a humanidade se encontra em um túnel escuro. Estes Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 podem ser uma luz no fim deste túnel”, completou o presidente da entidade.

O primeiro ministro do Japão, Shinzo Abe, e Bach, confirmaram o adiamento dos Jogos Olímpicos na última terça-feira (24), por causa da pandemia de coronavírus. O adiamento foi o primeiro da história dos Jogos Olímpicos desde a primeira edição realizada na Grécia, em 1896. Nas outras três vezes em que não aconteceu, a competição foi cancelada por causa de duas grandes Guerras Mundiais.

O adiamento histórico foi comemorado pelos atletas brasileiros. Diversas competições ao redor do mundo já haviam sido canceladas nas semanas anteriores e aplicação da quarentena, para evitar a propagação da nova doença, interferiu na rotina de treinamento dos atletas.

Apesar de necessário, o adiamento pode causar um custo adicional de R$ 13 bilhões para Tóquio.



Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]