i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Copa 2014

De canhota, Dilma abre a Fonte Nova

  • PorAgência Estado
  • 05/04/2013 21:03
Dilma Rousseff bate de esquerda na bola na Fonte Nova | Manu Dias / Reuters
Dilma Rousseff bate de esquerda na bola na Fonte Nova| Foto: Manu Dias / Reuters

Dos 10 mil operários usados na reconstrução da Fonte Nova, dois mil participaram, ontem, da inauguração oficial da nova arena. Na cerimônia, a presidente Dilma Rousseff, acompanhada pelo governador Jaques Wagner, pelo prefeito de Salvador, ACM Neto, e por sete ministros, deu o "pontapé inicial". Com o pé esquerdo, descalça.

Em seguida, ela fez um discurso no qual disse ter orgulho do estádio. "Nós somos capazes de mostrar que o Brasil dará uma imensa qualidade à Copa das Confederações, à Copa do Mundo e à Olimpíada, nas disputas futebolísticas", afirmou Dilma. "Não é qualquer país que tem essa qualidade e essa beleza nos seus estádios".

Chamou a atenção da presidente o formato de ferradura que a nova arena herdou do antigo estádio, com uma abertura nas arquibancadas que dá vista para o Dique do Tororó, um dos pontos turísticos mais conhecidos da cidade, onde estão instaladas esculturas de todos os orixás. "Essa ferradura dá uma atitude, um perfil e uma cara especial a este estádio, mostra uma das características maiores desse povo, que é a criatividade", comentou.

O formato de ferradura e a manutenção do nome Fonte Nova foram exigências do governo ao consórcio – ainda que tenha sido fechado, no estádio, o primeiro contrato de naming rights entre os estádios da Copa, com a marca de cerveja Itaipava, por R$ 100 milhões. Assim, o nome do local passa a ser Itaipava Arena Fonte Nova, pelos próximos dez anos. Além disso, o governo conseguiu uma forma de manter o nome do ex-governador na construção, batizando toda a área como Complexo Esportivo-Cultural Octávio Mangabeira.

O estádio consumiu R$ 689,4 milhões. Tem capacidade para 50 mil torcedores, além de 90 camarotes e 2 mil vagas de estacionamento. Durante a Copa das Confederações e a Copa do Mundo, a capacidade será ampliada para 55 mil pessoas, com a instalação de um setor de arquibancadas móvel na área da abertura da ferradura. O estádio receberá três jogos da Copa das Confederações e seis do Mundial de 2014.

O primeiro grande teste da arena será amanhã, às 16 horas, com o clássico Ba-Vi (Bahia x Vitória). Antes da partida, alguns dos principais artistas da Bahia, como Ivete Sangalo, Claudia Leitte, Olodum e Margareth Menezes, vão se apresentar aos 41,5 mil torcedores que esgotaram os ingressos para a inauguração em três horas, no último fim de semana.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.