Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Nowak Djokovic arrasou o francês Nicolas Mahut por 3 sets a 0 em pouco mais de uma hora | Mast Irham / EFE
Nowak Djokovic arrasou o francês Nicolas Mahut por 3 sets a 0 em pouco mais de uma hora| Foto: Mast Irham / EFE

Novak Djokovic segue soberano no Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam do ano. Neste sábado, o tenista sérvio fez mais uma vítima na Rod Laver Arena. Atual número 1 do mundo, ele atropelou o francês Nicolas Mahut por 3 sets a 0, com inapeláveis 6/0, 6/1 e 6/1, em apenas uma hora e catorze minutos de partida.

A soberania foi tanta que Djokovic encerrou a partida com mais do que o dobro de pontos vencedores: 81 a 37. O sérvio cometeu apenas oito erros não-forçados, contra 26 do francês, que ocupa a 81.ª colocação no ranking da ATP. Nas oitavas de final, o cabeça de chave número 1 vai enfrentar o australiano Lleyton Hewitt, que venceu o canadense Milos Raonic também no sábado.

Outro favorito, o britânico Andy Murray também não teve grandes dificuldades para avançar das quartas de final. Neste sábado, ele bateu o francês Michael Llodra em três sets, com parciais de 6/4, 6/2 e 6/0. Potente no saque, o número 4 do ranking mundial acertou 71% dos seus segundos serviços, um índice superior ao de acertos na primeira tentativa: 70%. Llodra teve cinco chances de quebrar o saque de Murray, mas não aproveitou nenhuma.

Em um dia que teve seis franceses em quadra, apenas dois se saíram vitoriosos. Atual número 18 do mundo, Richard Gasquet superou o sérvio Janko Tipsarevic, oitavo do ranking da ATP, por 3 sets a 0 (6/3, 6/3 e 6/1). Já Jo-Wilfried Tsonga, cabeça de chave número 6, não teve trabalho para bater o português Frederico Gil com triplo 6/2.

Mais dois franceses foram eliminados. Gael Monfils foi surpreendido por Mikhail Kukushkin (Casaquistão), apenas o 92.º do mundo, por 3 sets a 2, com parciais de 6/2, 7/5, 5/7, 1/6 e 6/4,. Julien Benneteau perdeu para o japonês Kei Nishikori por 3 sets a 1 (5/6, 7/6 (7/3), 7/6 (7/4) e 6/3), em uma partida que teve 13 quebras de saque.

Ainda neste sábado, o espanhol David Ferrer confirmou o favoritismo para vencer o argentino Juan Ignacio Chela em três sets, com parciais de 7/5, 6/2 e 6/1. Nas oitavas de final, ele vai enfrentar Gasquet. O chaveamento da próxima fase tem também Murray jogando contra o surpreendente Kukushkin e Tsonga medindo forças contra Nishikori.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]