i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Atletismo

Fabiana Murer garante vaga na final do salto com vara. Isinbayeva passa sufoco

Brasileira consegue 4,45m nas eliminatórias juntamente com Feofanova e Kiriakopoulou. Recordista mundial erra duas tentativas e admite nervosismo

  • PorGloboesporte.com
  • 12/03/2010 10:44

Apenas uma tentativa, logo o primeira, foi suficiente para que Fabiana Murer garantisse sua vaga na final do salto com vara no Mundial Indoor de atletismo de Doha. A brasileira conseguiu 4,45m, mesma marca alcançada pela russa Svetlana Feofanova e a grega Nikoleta Kiriakopoulou. A melhor delas foi Yelena Isinbayeva, com 4,55m, mas não com a tranquilidade habitual.

Surpreendentemente a recordista mundial errou os dois primeiros saltos para 4,55m e precisava acertar o último para seguir na disputa pelo título. Conseguiu com sobras e sorriu aliviada. Talvez porque a situação tenha lembrado o Mundial de Berlim, em agosto do ano passado, quando a grande favorita sequer conseguiu acertar um salto e ainda se viu na última colocação. A final será no domingo, a partir das 10h20 (de Brasília).

"Não estou cansada por ter participado de duas competições este ano. Esse não é o problema. Houve um fator psicológico, fiquei mais nervosa do que no início quando vi que faltavam três minutos, mas pelo menos consegui passar para a final", disse a bicampeã.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.