Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Toby Melville / Reuters
| Foto: Toby Melville / Reuters

Mesmo jogando diante da torcida, em Londres, o britânico Andy Murray se despediu do ATP Finals de forma humilhante. Ele perdeu ontem para Roger Federer (foto) por incríveis 6/0 e 6/1, pela última rodada do Grupo B, e não conseguiu vaga na semifinal do torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada. Assim, o suíço e o japonês Kei Nishikori ficaram com as duas vagas da chave.

Número 5 do mundo, Nishikori abriu a última rodada derrotando o espanhol David Ferrer por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/4 e 6/1. Esse resultado já garantiu a classificação antecipada de Federer que, depois, arrasou Murray em apenas 56 minutos de jogo. Ele venceu 54 dos 78 pontos disputados na partida.

O tenista da Suíça avançou em primeiro lugar e segue na luta para terminar o ano como número 1 do mundo — está atrás do sérvio Novak Djokovic.

Os outros dois semifinalistas do torneio sairão do Grupo A. Hoje, Djokovic enfrenta o tcheco Tomas Berdych e o suíço Stanislas Wawrinka encara o croata Marin Cilic.

Djoko lidera a disputa com duas vitórias em dois jogos; Berdych e Wawrinka têm uma vitória e uma derrota, enquanto Cilic, duas derrotas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]