i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Copa das Confederações

Fifa alerta CBF por reza coletiva após título da seleção

Europeus temem que ato dos brasileiros estimule manifestações religiosas na próxima temporada de clubes

  • PorAgência Estado
  • 01/07/2009 17:35
A oração coletiva da seleção brasileira no Ellis Park, em Johannesburgo: polêmica religiosa. | Roberto Schmidt/ AFP
A oração coletiva da seleção brasileira no Ellis Park, em Johannesburgo: polêmica religiosa.| Foto: Roberto Schmidt/ AFP

A comemoração da seleção pelo título da Copa das Confederações e o comportamento dos jogadores brasileiros após a vitória sobre os Estados Unidos causam polêmica na Europa. A queixa é de que o time do Brasil estaria usando o futebol como palco para a religião. A Fifa até mandou um alerta à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pedindo moderação na atitude dos jogadores mais religiosos, mas indicou que, por enquanto, não haveria punições, já que a manifestação ocorreu após o apito final do jogo.

Após a vitória sobre os Estados Unidos, no último domingo (26), em Johannesburgo, na África do Sul, os jogadores da seleção brasileira fizeram uma roda no centro do campo e rezaram. Além disso, muitos deles vestiram camisetas com mensagens religiosas. A Associação Dinamarquesa de Futebol é uma das que não estão satisfeitas com a situação e quer uma posição mais firme da Fifa Pede punições para evitar que isso volte a ocorrer.

Com centenas de jogadores africanos, vários países europeus temem que a falta de uma punição por parte da Fifa abra caminho para extremismos religiosos e que o comportamento dos brasileiros seja repetido por muçulmanos que estão em vários clubes europeus hoje.

Tanto a Fifa quanto os europeus concordam que não querem que o futebol se transforme em um palco para disputas religiosas, um tema sensível em várias partes do mundo. Mas, por enquanto, a entidade não ousa punir a seleção brasileira.

"A religião não tem lugar no futebol", afirmou Jim Stjerne Hansen, diretor da Associação Dinamarquesa, em entrevista ao jornal local Politiken. Para ele, a oração promovida pelos brasileiros em campo foi "exagerada". "Misturar religião e esporte daquela maneira foi quase criar um evento religioso em si. Da mesma forma que não podemos deixar a política entrar no futebol, a religião também precisa ficar fora."

As regras da Fifa impedem mensagens políticas ou religiosas em campo. A entidade prevê punições em casos de descumprimento. Por enquanto, nenhuma decisão foi tomada sobre a reclamação dos dinamarqueses, lembrando que a manifestação religiosa dos brasileiros apenas ocorreu após a partida.

Mas essa não é a primeira vez que o tema causa polêmica. Ao fim da Copa do Mundo de 2002, no Japão, a comemoração do pentacampeonato brasileiro foi repleta de mensagens religiosas. A Fifa mostrou seu desagrado na época. Disse, porém, que não teria como impedir a equipe que acabara de se sagrar campeã do mundo de comemorar à sua maneira.

De qualquer maneira, a Fifa revelou nesta quarta-feira que está "monitorando" a situação. E confirmou que "alertou a CBF sobre os procedimentos relevantes sobre o assunto".

Você considera que a Fifa tem direito de impor limites a manifestações religiosas dos jogadores? Comente!

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.