Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Fifa: Palmeiras ainda não é campeão mundial

Falta oficializar

Fifa: Palmeiras ainda não é campeão mundial

Por email, organização diz que decisão sai em 27 de maio

  • GloboEsporte.com / Globo.com
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Pelo menos por enquanto, o Palmeiras não pode se considerar, oficialmente, como o primeiro campeão mundial de clubes da Fifa. Em um email enviado ao GLOBOESPORTE.COM nesta quinta-feira, a organização diz que a decisão sobre a homologação do título da Copa Rio de 1951 só sairá no dia 27 de maio.

Segundo a Fifa, a questão envolvendo a Copa Rio começou a ser analisada pela Secretaria Geral, em nível administrativo. Porém, pela importância do assunto, a transformação do torneio em Mundial será decidida apenas na reunião do Comitê Executivo da organização que será realizada em Zurique, em 27 de maio.

Em março, a CBF recebeu um fax assinado por Urs Linsi, secretário geral da Fifa, afirmando que a Copa Rio de 1951 havia sido oficializada como primeiro Mundial de Clubes - o que confirma que o caso foi analisado pela Secretária Geral, como diz o email enviado ao GLOBOESPORTE.COM. Segundo Rodrigo Paiva, assessor de imprensa da CBF, não houve mais contatos sobre o assunto desde então.

- Quem resolve isso é a Fifa. Se ela nos manda algo a respeito, enviamos ao Palmeiras. Acredito que a homologação do título seja feita nessa reunião do Comitê Executivo - diz Rodrigo.

O vice-presidente de futebol do Palmeiras, Gilberto Cipullo, recebeu com surpresa a nova a informação e deixou claro que para o clube vale o que está escrito no fax da Fifa:

- É uma surpresa mundial. Não dá para entender. Agora que eu estou sabendo disso vou atrás para dar uma olhada. Temos um documento oficial enviado pela Fifa oficializando o título.

O Comitê Executivo da Fifa reúne alguns dos principais dirigentes das confederações filiadas, entre eles o presidente Joseph Blatter, o francês Michel Platini (presidente da Uefa) e o brasileiro Ricardo Teixeira, que é o grande responsável em tentar convencer a Fifa que a Copa Rio foi um Mundial.

No dia 28 de março, logo a após a CBF anunciar que o Palmeiras seria reconhecido como campeão do mundo, o GLOBOESPORTE.COM entrou em contato com a Fifa por telefone para saber a posição oficial. A assessoria de imprensa pediu para que um email fosse enviado, pois não tinha informações disponíveis naquele momento.

Nesta quinta-feira, quase um mês depois, a Fifa, agradecendo à paciência pela espera, respondeu ao email com a informação que o caso será estudado em maio, pelo Comitê Executivo.

Entenda o caso

Em 28 de março, o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, afirmou que a Fifa homologaria em uma semana o título mundial de 1951. Um dos mais empolgados com a notícia foi o prefeito de São Paulo, o palmeirense José Serra.

Dois dias depois, o Palmeiras revelou que recebeu por fax a confirmação da Fifa de que a Copa Rio foi considerada o primeiro Mundial de Clubes.

A Copa Rio foi um torneio criado para diminuir o impacto da derrota do Brasil na Copa de 50, no Maracanã. Representantes da Fifa estavam presentes no dia da final, entre Verdão e Juventus (ITA), e o então presidente Jules Rimet entregou a taça de campeão ao Palmeiras.

Em 2001, o clube alviverde começou a preparar um dossiê sobre a Copa Rio para convencer a Fifa de que o torneio foi um Mundial, reunindo documentos e jornais de vários países na época.

Após a notícia de que o Verdão tinha sido oficializado pela Fifa como campeão do mundo, o Fluminense, vencedor da Copa Rio de 1952, também afirmou que iria pedir à organização o título mundial.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE