Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Renault está analisando duas propostas para a compra de sua equipe de Fórmula 1. De acordo com o site da revista inglesa "Autosport", a Prodrive de David Richards enfrenta a concorrência do fundo de investimentos Genii Capital, de Luxemburgo. O comitê executivo da montadora francesa se reuniu na quarta-feira para discutir os planos futuros para o time, antes de uma reunião com o presidente Carlos Ghosn na próxima semana.

De acordo com a publicação, nenhuma decisão sobre o futuro foi tomada e as propostas dos dois lados estão sendo estudadas. Segundo o jornal francês "Le Parisien", o negócio está perto de ser fechado. David Richards, da Prodrive, e o empresário Gerard Lopez, do Genii Capital, não são aliados, como era imaginado.

A empresa de Lopez está investindo em vários projetos, como o Museu Charles Chaplin, na Suíça, e em vários contratos com pilotos, por meio da Gravity Sports Management, um dos braços da companhia. O plano do Genii Capital seria assumir o controle financeiro da equipe, mas manter o nome da Renault por pelo menos mais dois anos. Se a proposta de Lopez for aceita, ele compraria pelo menos 75% das ações do time, além de manter o programa de desenvolvimento de pilotos ativo.

De acordo com o "Le Parisien", Carlos Ghosn, presidente da montadora, estaria inclinado a fechar com Lopez, principalmente por causa da aprovação de Bernie Ecclestone, chefe comercial da Fórmula 1. David Richards e a Prodrive estariam atrás nesta disputa, mas eles teriam o apoio da direção esportiva da Renault na Fórmula 1. A experiência do dirigente seria valiosa na categoria.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]