O finlandês Kimi Raikkonen negou que estaria interessado em deixar a Ferrari para se dedicar à sua carreira no rali. O companheiro do brasileiro Felipe Massa na equipe italiana participará do Rali da Finlândia, no fim de julho. O piloto aproveitará a parada de um mês na Fórmula 1 entre o GP da Hungria, dia 26 de julho, e o da Europa, em 23 de agosto.

"Só porque eu estou neste rali não significa que eu não quero estar na F-1 no ano que vem. Eu teria disputado alguns ralis antes, mas eu não pude. Participo agora somente porque a Ferrari me autoriza", afirmou Kimi.

A resposta de Raikkonen desmente o depoimento de um amigo do piloto, que falou nesta terça-feira sobre o possível interesse do finlandês em trocar de categoria.

"Kimi não está negociando sua continuidade na Fórmula 1. Só fala de ralis", contou o amigo ao jornal "Veikkaaj".

Raikkonen já disputou duas corridas na neve na própria Finlândia, no início do ano, e há um mês disputou a primeira prova no asfalto, na Itália, mas não completou devido a um acidente. Como nas ocasiões anteriores, o parceiro dele no Rali da Finlândia será Kach Lindstrom, ex-companheiro do quatro vezes campeão mundial de ralis Tommi Makinen.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]