i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Perda

Amigos, cartolas e ex-companheiros falam sobre Djalma Santos

  • PorFolhapress
  • 23/07/2013 20:18

Amigos, cartolas e companheiros de Djalma Santos, ídolo da Portuguesa, do Palmeiras e da seleção brasileira, citaram as principais lembranças sobre o lateral direito bicampeão mundial pelo Brasil em 1958 e 1962, que morreu na noite de terça-feira, aos 84 anos.

"Djalma deixou lembranças muito marcantes para mim", declarou Ademir da Guia, ídolo do Palmeiras nos anos 1960. "Era uma pessoa alegre, adorava fazer brincadeiras e era muito acolhedor. No Palmeiras, em 1961, encontrei uma pessoa que me recebeu bem, sempre dava sangue pelo time. Não é a toa que teve sucesso na carreira."

"Foi um jogador excepcional, com muita vitalidade e força. Se destacou numa época em que os laterais só marcavam. Ele avançava e ainda era um ótimo marcador", disse Tostão, ex-jogador de Cruzeiro e seleção e colunista.

"Eu o conheci, embora não tenha atuado com ele. Lamento o sofrimento dos familiares e o sofrimento que o próprio Djalma Santos enfrentou nos últimos meses, internado. Ele é um ídolo brasileiro", afirmou o ex-goleiro e técnico Emerson Leão.

"A comunidade palmeirense está mais triste pela perda de um dos maiores jogadores que vestiram o manto alviverde. Desejamos toda a força aos familiares neste momento difícil", declarou Paulo Nobre, presidente do Palmeiras.

"Um dos melhores que já vi jogar. Caráter exemplar dentro e fora de campo", disse o presidente da CBF, José Maria Marin.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.