Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Técnico Milton Mendes prometeu analisar o jogo com o Joinville e encontrar alternativas ofensivas. | Daniel Castellano/Gazeta do Povo
Técnico Milton Mendes prometeu analisar o jogo com o Joinville e encontrar alternativas ofensivas.| Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

O empate em casa (0 a 0) com o Joinville, sábado (5), na Arena da Baixada, vai exigir horas de preparação e estudo do técnico Milton Mendes para as próximas partidas do Atlético como mandante.

O treinador quer evitar que os próximos adversários utilizem a mesma estratégia do Joinville, que abriu mão do ataque e focou somente na defesa para roubar dois pontos do Furacão. Com o resultado, o clube paranaense deixou o G4 do Brasileiro e soma agora 37 pontos.

“O mais importante é receber as imagens do jogo para corrigirmos algumas coisas. Muitos times virão jogar aqui da mesma forma. Temos de buscar artimanhas e ideias para serem executadas pelos jogadores para que a gente saia dessa teia defensiva”, avisou Mendes, que viu o Furacão empatar três dos últimos quatro compromissos no Joaquim Américo.

TABELA: veja a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro

Além da igualdade contra os catarinenses, o Rubro-Negro não conseguiu superar nem Sport, nem Santos – o único triunfo nesse período foi diante do Goiás.

Apesar do tropeço, Mendes preferiu manter o discurso positivo. “Nossa equipe tentou de tudo, tentei substituições que não deram resultado. Fica o sabor amargo do empate, mas existe uma máxima que uso muito. Só se dá valor ao ponto quando se perde. Então, vamos valorizar esse ponto”, falou.

Na próxima quarta-feira (9), contra o Figueirense, em Florianópolis, o Atlético tem a oportunidade de recuperar os pontos que escaparam em casa. Como visitante, o Furacão tem 33% de aproveitamento, com 12 pontos conquistados de um total de 33.

A partida vai marcar também o reencontro entre Mendes e Renê Simões, que já o comandou na época de atleta. “O Figueirense está ávido por pontos. Acho que eles vão sair para o jogo. E também vou encontrar um velho amigo. Espero dar um abraço no Renê e vê-lo depois de muitos anos”, afirmou.

“A equipe dele está jogando bem, de bons conceitos. Espero que seja uma noite boa para nós e que nossos jogadores consigam praticar tudo que estiveram treinando”, emendou Mendes, que usou força máxima na rodada passada, mas não deve repetir a formação. O meia Marcos Guilherme, suspenso, é desfalque certo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]