Nathan tenta fazer valer a sequência como titular do Atlético | Albari Rosa/Gazeta do Povo
Nathan tenta fazer valer a sequência como titular do Atlético| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Promessa do CT do Caju e das seleções brasileiras de base, o meia Nathan não renovará amigavelmente seu contrato com o Atlético.

Em audiência realizada nesta segunda-feira (6) na 15.ª Vara do Trabalho, as duas partes ficaram longe de firmar um novo contrato para o jogador de 18 anos. O vínculo atual termina em março de 2015. No fim de outubro, ele já poderia assinar um pré-contrato com qualquer equipe.

Antes disso, porém, há uma tentativa de acordo para que o Atlético não saia perdendo totalmente no negócio. O clube, que pediu uma liminar na semana passada alegando uma cláusula de renovação automática do contrato por mais dois anos, tem cinco dias para analisar uma proposta feita pelos advogados do meia.

O Furacão teria três meses para tentar negociar os direitos econômicos do jogador e ficar com 80% do valor - 20% ficaria com o próprio Nathan. Caso não aceite, a tendência é que a liminar seja julgada - a defesa do atleta diz que o ponto alegado não tem validade.

De acordo com nota publicada em seu site oficial, o Furacão afirma que apresentou "proposta voluntária de significativo aumento salarial, bem como de pagamento de luvas, visando valorizar o atleta e ratificar a sua intenção de mantê-lo nos quadros do clube nos próximos anos".

O atleta, por outro lado, afirmou à juíza que não tem mais "clima" para continuar no Atlético, já que houve muito desgaste no processo de renovação, que se arrasta desde o ano passado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]