Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Basicamente só falta a assinatura do contrato para definir a renovação de Walter com o Atlético. | Albari Rosa/Gazeta do Povo
Basicamente só falta a assinatura do contrato para definir a renovação de Walter com o Atlético.| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

O presidente do Atlético , Luiz Sallim Emed, confirmou no final da tarde dessa sexta-feira (8) que o Furacão depende apenas de questões burocráticas para anunciar a renovação de contrato do atacante Walter. “Há algumas semanas eu disse que ele estava 95% certo. Hoje eu posso dizer que está 99% certo”, afirma o dirigente.

Emed explicou que a negociação é complicada e envolve quatro agentes: Atlético, Porto, o empresário do jogador e o próprio atleta. Diante disso e de todas as reviravoltas que o caso já teve, o presidente rubro-negro prefere não cravar que a contratação está acertada 100% até que toda a documentação esteja regularizada e o contrato assinado.

“Eu peço um pouco de paciência para a torcida para que possamos anunciar assim que estiver tudo definido”, diz.

Anderson Lopes consultou ‘padrinho’ Walter antes de fechar com o Atlético

Leia a matéria completa

O presidente rubro-negro ainda contou que existia a expectativa de oficializar a renovação do contrato na tarde dessa sexta-feira, mas o Furacão aguarda ainda a documentação que precisa chegar do Porto. O Atlético comprará uma parte dos direitos econômicos de Walter e assinará o contrato de um ano com ele, podendo ser renovado automaticamente por mais um ano.

Quanto a nota publicada pelo Furacão no final de 2015 em que o clube justificava a não renovação do contrato, Emed disse que naquela época a negociação estava encerrada. “Era necessário dar uma explicação para a torcida. Mas de repente ocorreu essa reviravolta e a vontade dele e da família de ficar”, explica.

Por fim, o presidente rubro-negro admitiu que tem recebido críticas de alguns torcedores por causa de declarações recentes de Walter de que gostaria de jogar no Sport, time que torcia quando criança. “Não podemos, por causa de uma declaração, de um sentimento, de uma afetividade do atleta pelo Sport, massacrá-lo por causa disso. É um jogador importante para nós”, afirma.

“Como médico, acredito que temos totais condições no Atlético de deixar o Walter em uma condição atlética muito melhor, pois técnica e inteligência dentro de campo ele já tem”, valoriza.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]