Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Weverton desabafou contra a torcida do Rio Branco | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Weverton desabafou contra a torcida do Rio Branco| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

O goleiro Weverton fez um desabafo no intervalo de partida entre Rio Branco e Atlético, na tarde deste domingo (29), em Paranaguá. O atleticano reclamou do comportamento da torcida da casa durante a primeira etapa, que teria disparado cusparadas contra ele e contra o técnico Paulo Autuori.

Atlético larga com empate tenso em Paranaguá

Leia a matéria completa

O estádio da Estradinha, reinaugurado exatamente nesta partida após dez anos fechado, apresenta uma distância muito pequena entre o campo de jogo e as arquibancadas.

“O que a gente fica triste é que a há pouco tempo nós vimos uma tragédia com nossos companheiros e toda a solidariedade que teve depois. Aí a bola começa a rolar e a gente vê a falta de respeito do torcedor”, descarregou à Rádio Transamérica, relembrando a tragédia aérea envolvendo a Chapecoense, no ano passado.

“Primeiro, com o Paulo Autuori, depois comigo, cuspiram em mim ali no gol. Quer dizer que aquela solidariedade foi só da boca pra fora. A gente achou que o futebol poderia mudar depois do que aconteceu”, prosseguiu Weverton, indignado.

“Mas, depois que a bola rola, cada um só cuida dos seus interesses. Ninguém se importa com o profissional, nós estamos trabalhando aqui”, encerrou o arqueiro.

Aos 30 minutos da primeira etapa, Autuori já havia se desentendido com os torcedores do Rio Branco.Indignado, o treinador foi encarar os torcedores. Ele também teria recebido cusparadas vindas das arquibancadas.

Antes do jogo, o técnico havia reclamado das condições do estádio do Rio Branco.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]