i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Perda

Bicampeão do mundo, Djalma Santos morre aos 84 anos

Ex-jogador estava internado em Uberaba (MG). Lateral se notabilizou pelo vigor físico e elegância em campo. Em toda carreira, ele nunca foi expulso

  • PorAgência Estado
  • 23/07/2013 18:25
Djalma Santos fez história na seleção brasileira. Em clubes, se destacou na Portuguesa, no Palmeiras e no Atlético | Fernando Santos / Folhapress
Djalma Santos fez história na seleção brasileira. Em clubes, se destacou na Portuguesa, no Palmeiras e no Atlético| Foto: Fernando Santos / Folhapress

Faleceu nesta terça-feira (23), em Uberaba (MG), o ex-jogador Djalma Santos, bicampeão do mundo com a seleção brasileira. De acordo com o boletim médico divulgado pelo Hospital Hélio Angotti, o lateral morreu em decorrência de uma pneumonia grave e instabilidade hemodinâmica culminando com parada cardiorrespiratória e óbito às 19h30.

Mais cedo, também nesta terça-feira, o hospital mineiro havia informado que Djalma Santos havia tido uma recaída em seu quadro clínico e sido internado novamente na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na noite de sábado. Ele estava internado em Uberaba desde o dia 1.º de julho. Na manhã desta terça, Djalma Santos, de 84 anos, recebia ventilação mecânica com necessidade de suporte hemodinâmico.

Bicampeão mundial com os títulos das Copas de 1958 e 1962, Djalma Santos vinha recebendo tratamento por causa de uma infecção respiratória aguda. A sua recuperação vinha sendo inconstante, pois ele havia deixado a UTI anteriormente no último dia 11.

A vitoriosa carreira

Titular absoluto da seleção brasileira por mais de uma década, Djalma Santos foi eleito diversas vezes, nas mais variadas premiações, como o maior lateral-direito da história do futebol.

Djalma (que se chamava Dejalma) começou a carreira na Portuguesa clube pelo qual conquistou duas vezes o Torneio Rio-São Paulo, em 1952 e 1955. Até hoje é o segundo jogador que mais vestiu a camisa lusitana.

Em 1959, já campeão do mundo com a seleção, se transferiu para o Palmeiras, onde marcou época, tendo atuado em 501 e anotado 12 gols. Conquistou o Campeonato Paulista de 1959, 1963 e 1966, a Taça Brasil de 1960 e 1967, o Torneio Rio-São Paulo de 1965 e Torneio Roberto Gomes Pedrosa de 1967.

Depois de quase dez anos no Palestra Itália, encerrou a carreira, perto dos 42 anos, no Atlético, onde jogou entre o fim de 1968 e o início de 1971. O jogador, em mais de duas décadas jogando, nunca foi expulso de campo. Pela seleção, atuou em 114 partidas, tendo participado também das Copas de 1954 e 1966.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.