Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Londrina está muito perto de passar para a série C | Gilberto Abelha
Londrina está muito perto de passar para a série C| Foto: Gilberto Abelha

Técnico do Anapolina: "Vamos bater o LEC na próxima"

Mesmo derrotado em casa, o técnico Edson Júnior, do Anapolina, não baixou a guarda, nem perdeu a motivação. Subestimando o Tubarão, avaliou que o LEC só marcou os dois gols porque o Anapolina jogou sem atenção. "Foi um erro coletivo, pois claramente criamos mais oportunidades. Está 2 a 0 para o Londrina e agora vamos atrás. Tenha certeza de que é o Anapolina que vai subir para a série C", afirmou, durante a entrevista coletiva.

Apesar de ter menos de 20% de chance concreta de subir, voltou a repetir, sempre firme: "É certeza: o Anapolina vai subir para a série C", cravou, perguntado sobre a próxima partida em Londrina, no domingo.

O Londrina Esporte Clube (LEC) está a 90 minutos da Série C, após bater o Anapolina, hoje, por 2 a 0 em Goiás, nas quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro.

Paulinho e Dirceu fizeram os gols no 2º tempo.

O Tubarão passou por um 1º tempo difícil, sem criatividade, com poucas chances e muitos erros e faltas. Por pouco, não levou um gol logo perto dos 20 minutos, quando a zaga deu bobeira e deixou o ataque do Anapolina explodir uma bomba na trave, à direita do goleiro Vítor.

Um pouco melhor na primeira parte do jogo, o Anapolina criou várias chances. Em campo, um LEC temporariamente perdido provocou várias faltas desnecessárias. Em uma delas, Diogo Roque levou um cartão amarelo e está fora do jogo de volta no próximo domingo, no Estádio do Café.

Para piorar, Alan e Bruno Batata não se acertaram na esquerda.

Paulinho deixou escapar a única chance real de gol do primeiro tempo. Celsinho roubou a bola após levar na dividida, lançou para Paulinho, que invadiu a área, e mandou cruzado para a defesa do goleiro André Luís, do Anapolina. Era a bola do jogo - mas no segundo tempo o centroavante Paulinho se redimiu com um golaço para o LEC.

O Tubarão voltou mais concentrado para a parte final do jogo. Diante de um Anapolina esgotado fisicamente, chegou impondo pressão – nem parecia o mesmo time do 1º tempo.

Logo aos 10 minutos, Allan Vieira arriscou e quase fez, mandando uma bomba contra o gol adversário. Instantes depois, Bruno Batata também ficou cara a cara com o goleiro e chutou para fora.

Quase perto dos 30 minutos, Paulinho não desperdiçou: mandou um balaço no canto direito, no ângulo, após a bola sobrar para ele de forma totalmente inesperada. Um golaço.

Menos de um minuto depois, o Anapolina deu trabalho: o goleiro Vítor tirou com a ponta dos dedos a bola que também ia no ângulo.

Já a caminho dos 40 minutos, o capitão Dirceu lacrou a partida de cabeça, no canto, após um cruzamento milimétrico de Celsinho.

"O peso dessa vitória é grande. De fato, temos uma vantagem: mas agora são mais 90 minutos e o Anapolina é um time de qualidade. Precisamos ter cuidado", avaliou o técnico Claudio Tencatti, em entrevista à Rádio Paiquerê AM. "E o torcedor tem que dar força total para a gente", completou, convocando a torcida para o domingo no Estádio do Café.

Tencatti lamentou que a equipe tenha perdido controle emocional no 1º tempo e tentado impor o ritmo. "Se no 1º tempo fomos apáticos, depois nos portamos muito bem. Foi aí que o lado coletivo e o individual se sobressaíram", explicou o técnico do Tubarão.

"Agora é só fazer em casa. Não temos nada conquistado mas já é um grande passo. A equipe deles tem qualidade e vamos fazer o dever de casa", avaliou Celsinho. "O torcedor em massa no Estádio do Café no domingo vai ser muito importante. Com os torcedores, somos mais fortes", comemorou Celsinho.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]