Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Zagueiro Rodrigo marcou contra o ex-time no Morumbi | Ricardo Nogueira / Folhapress
Zagueiro Rodrigo marcou contra o ex-time no Morumbi| Foto: Ricardo Nogueira / Folhapress

O São Paulo sofreu sua primeira derrota neste Brasileirão ao ser superado pelo Goiás, por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (5), diante de sua torcida, no Morumbi. O zagueiro Rodrigo, ex-jogador do time paulista, foi o responsável pelo gol que desbancou a equipe do técnico Ney Franco da liderança da tabela.

Já o Goiás faturou seu primeiro triunfo na competição, chegando aos cinco pontos e saltando da zona de rebaixamento para a parte intermediária da tabela.

A derrota desta quarta, em casa, irritou a torcida são-paulina. Entre vaias ao time, torcedores pediram a demissão de Ney Franco e o retorno de Muricy Ramalho. O técnico, tricampeão brasileiro pelo São Paulo, deixou recentemente o comando do rival Santos.

O jogo

O cronômetro marcava 1min40s quando o zagueiro Rodrigo escorou de cabeça para as redes, completando cobrança de falta de William Matheus. O defensor, com passagem pelo São Paulo, comemorou o gol de forma discreta.

Sem se abalar pelo gol sofrido, o time da casa tentou responder rapidamente. Aos 9, Maicon levantou na área, Lúcio escorou de cabeça e Luis Fabiano mandou para o fundo do gol. O assistente, porém, assinalou impedimento de Lúcio.

Depois disso, os raros lances mais perigosos eram neutralizados com facilidade pelo Goiás, bem distribuído na defesa. Quando podia, o time visitante ameaçava nos contra-ataques. Em um deles, Hugo, outro ex-jogador do São Paulo, desperdiçou grande chance pelo lado direito. Ele recebeu sem marcação dentro da área e mandou para fora, aos 31.

O São Paulo voltou para o segundo tempo com Aloísio na vaga de Douglas. E, logo em seu primeiro lance, o atacante quase contribuiu para o gol de empate. Aos 3, ele cruzou rasteiro na pequena área, mas Juan, cara a cara com Renan, parou na grande defesa do goleiro.

O lance empolgou a torcida, que esperava um segundo tempo mais promissor. Mas as boas chances logo começaram a rarear. Aos 18, Aloísio investiu pelo meio e caiu na área, pedindo pênalti. O juiz mandou seguir. Quatro minutos depois, Rogério Ceni bateu falta perigosa na entrada da área, mas parou na barreira.

Consistente na defesa, o Goiás voltou a estabelecer o domínio na zaga, sacrificando sem maiores dificuldades as melhores jogadas dos anfitriões. Com Ganso apagado e Luis Fabiano perdido entre os zagueiros, o São Paulo até esboçou uma pressão nos minutos finais, mas não conseguiu evitar a primeira derrota neste Brasileirão.

Na próxima rodada, a última antes da interrupção do campeonato, o São Paulo vai enfrentar o Grêmio, em Porto Alegre, no dia 12, próxima quarta. O Goiás jogará já neste domingo, contra o atual campeão Fluminense, em Macaé.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 0 x 1 GOIÁS

SÃO PAULO - Rogério Ceni; Douglas (Aloísio), Lúcio, Paulo Miranda e Juan (Silvinho); Wellington, Rodrigo Caio, Maicon (Caramelo), Ganso; Osvaldo e Luis Fabiano. Técnico: Ney Franco.

GOIÁS - Renan; Vítor, Ernando, Rodrigo, William Matheus; Valmir Lucas, Thiago Mendes, Ramon, Hugo (Juliano); Araújo (Felipe Amorim) e Walter (Neto Baiano). Técnico: Enderson Moreira.

GOL - Rodrigo, a 1 minuto do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Rodrigo, Hugo, Renan, Vítor, Valmir Lucas, Caramelo, Luis Fabiano, Ganso.

ÁRBITRO - Francisco Carlos do nascimento (AL).

RENDA - R$ 214.170,00.

PÚBLICO - 8.892 pagantes.

LOCAL - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]