Times do interior que foram campeões paranaenses

1955: Monte Alegre (Telêmaco Borba)

1961: Comercial (Cornélio Procópio)

1962: Londrina

1963: Grêmio Maringá

1964: Grêmio Maringá

1977: Grêmio Maringá

1980: Cascavel*

1981: Londrina

1992: Londrina

2002: Iraty**

2007: ACP (Paranavaí)

*Dividiu o título com o Colorado

** Venceu o torneio envolvendo somente times do interior. Atlético levou o Supercampeonato daquele ano

Ainda vai levar uma semana para que possamos conhecer o novo campeão paranaense. A única certeza é a de que em cem anos de estadual, esta será apenas a décima segunda vez que um time do interior levantará a taça do torneio. Trata-se de um tira-teima entre as duas cidades que mais levaram o caneco depois de Curitiba.

O Londrina foi o melhor time do Paraná em 1962 (ainda como Londrina de Futebol e Regatas), 1981 e 1992. Por outro lado, os maringaenses garantiram o título em três oportunidades e com dois times. O Grêmio Esportivo de Maringá foi bi-campeão em 1963 e 1964. Já o Grêmio de Esportes Maringá foi campeão em 1977.

Os times das duas maiores cidades do interior também colecionam oito vice-campeonatos. Londrina foi o segundo colocado em 1959 (quando o Coritiba foi campeão), 1980 (quando o título foi dividido entre Colorado e Cascavel) 1993 e 1994 (com o Paraná ganhando dois torneios seguidos).

Já o Grêmio Maringá foi medalha de prata em 1965 (perdendo para Ferroviário) , 1967 (Água Verde) e 1981 (Londrina) e 2002, quando o Iraty levou o campeonato sem os times de Curitiba. O Atlético venceu o Supercampeonato daquele ano.

Para Antero Bombassaro, o Gauchinho, campeão pelo LEC em 1962, os times da capital estão fora da decisão deste ano com justiça, pois desprezaram o campeonato. "O Atlético jogou com o time sub 23. Já o Coritiba não é nem sombra do que enfrentamos na década de 60", conta o maior artilheiro da história do Tubarão.

A última vez que dois times do interior decidiram o Paranaense foi em 1992, quando o Londrina superou o União Bandeirante. Personagem decisivo daquela final, o ex-zagueiro Márcio Alcântara lamentou o jejum de títulos.

"O clube perdeu vários anos em função de pessoas que viam mais o lado pessoal do que o time. Felizmente, a parceria com a SM Sports vem recuperando o Londrina e se Deus quiser vai ser campeão de novo neste ano."

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]