i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
PARANAENSE

Relembre: Atleticanos comemoram doce regresso com triunfo sobre o Londrina

Jogadores sem sucesso no clube, Ricardinho e Bruno Mineiro decidem o placar de 2 a 0 na primeira partida do técnico uruguaio Juan Ramón Carrasco no Furacão

  • PorMarcio Reinecken
  • 22/01/2012 19:21
Bruno Mineiro fez um dos gols da vitória do Furacão sobre o Tubarão no Paranaense de 2012. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Bruno Mineiro fez um dos gols da vitória do Furacão sobre o Tubarão no Paranaense de 2012.| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

O Atlético superou o gramado do Germano Krüger, a ausência de seu torcedor, a sua própria insuficiência técnica e o Londrina – em certos mo­­men­­tos, mais organizado em campo.

Neste difícil cenário, o placar de 2 a 0 obtido em Ponta Grossa, ontem, foi melhor do que se poderia esperar do Rubro-Negro. E demonstrou a eficiência da pré-temporada fechada no CT do Caju. Também serviu de alento para o chamado “ano da volta à elite nacional”.

O resultado também foi positivo para os “renegados”. Bruno Mineiro e Ricar­­dinho, dispensados anteriormente, voltaram marcando gols. Marcelo, outro sem aval da administração passada, foi um dos destaques do confronto.

A curiosidade era descobrir o esboço do esquema tático que será utilizado pelo técnico Juan Ramon Carrasco.

No papel e no discurso do comandante, o time tinha tudo para ser ofensivo. Paulo Baier foi improvisado como segundo volante e Marci­­nho estava encarregado da ligação com os três atacantes – Ricardinho, Morro García e Nieto.

Na prática, o Furacão só conseguiu preocupar o Londrina na se­­gunda etapa, quando o Tubarão se lançou à frente.

Antes disso, as improvisações de Carrasco foram traduzidas nos chutões da zaga para o ataque. Nas poucas articulações lúcidas do Rubro-Negro, o “volante” Baier iniciou um rápido contra-ataque que terminou com o gol de Ricardinho.

O mais próximo que o time de Carrasco chegou ao prometido “estilo Barcelona” foi uma rara mudança de posições entre Nieto e García, no primeiro tempo. Mas, seja com um ou outro pela direita, o rodízio não surtiu nenhum efeito – tanto que El Morro foi substituído ainda no intervalo por Marcelo. E o Furacão melhorou.

“É um começo de trabalho. Não é fácil. É uma nova filosofia, tem muita coisa para melhorar, mas vamos nos adaptar. Foi bom pela vitória. Os três pontos dão confiança para a comissão técnica”, analisou Baier, o capitão do Atlético.

Adaptação é uma palavra que serve para o próprio Carrasco, que marcou sua trajetória montando times ousados. Ontem, o melhor momento do Rubro-Negro foi quando o Atlético jogou no contragolpe, explorando a velocidade de seus atacantes. Assim saiu o segundo gol, de Bruno Mineiro.

Veja abaixo fotos da vitória atleticana na estreia do Paranaense de 2012.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.