i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
MERCADO

Bacellar defende permanência de Kleina no Coritiba. “Ele não marca gol e não defende”

  • PorJulio Filho
  • 31/05/2016 19:41
Presidente do Coritiba, Rogério Bacellar (ao fundo), quando apresentou o técnico Gilson Kleina (primeiro). Argumentos  para defender o treinador não valeram também para o diretor de futebol Valdir Barbosa  (no meio). | Henry Milleo/Gazeta
Presidente do Coritiba, Rogério Bacellar (ao fundo), quando apresentou o técnico Gilson Kleina (primeiro). Argumentos para defender o treinador não valeram também para o diretor de futebol Valdir Barbosa (no meio).| Foto: Henry Milleo/Gazeta

Após confirmar na manhã desta terça-feira (31) a demissão do diretor de futebol Valdir Barbosa e garantir a permanência do técnico Gilson Kleina no comando da equipe, o presidente do Coritiba, Rogério Bacellar, defendeu o trabalho do treinador.

“Ele [Kleina] não marca gol e não defende. Ele está lá para orientar e está orientando bem. Agora, esperamos que os resultados apareçam”, explicou Bacellar, em entrevista à Rádio Transamérica. “O trabalho que o Kleina está desenvolvendo é muito bem feito, ele é muito bem quisto pelo elenco, não podíamos dispensá-lo simplesmente por causa dos resultados”, prosseguiu o mandatário.

Curiosamente, Bacellar utilizou raciocínio oposto para explicar a demissão de Barbosa. “Pesaram muito os resultados, porque o Coritiba está jogando bem na maioria dos jogos, só que não está marcando gols. O clube vive de resultados, se não aparecem tem que ir mudando até acertar”, argumentou.

Coxa muda meio time para enfrentar a Chapecoense. Felipe Amorim já treina

Leia a matéria completa

Uma reunião da cúpula alviverde em um restaurante da capital definiu, na última segunda-feira (30), a saída de Barbosa do clube. A medida, no entanto, só foi anunciada no dia seguinte. Durante o encontro, a diretoria discutiu também a possível demissão de Kleina, que acabou não se concretizando. Internamente, entretanto, o treinador não é unanimidade no clube e há divergências entre integrantes do G5 do clube sobre sua continuidade.

Por fim, Bacellar garantiu que os reforços que o clube vem contratando para a sequência do Brasileirão demoraram a chegar por causa da difícil situação financeira enfrentada pelo Coxa. “Até o começo deste ano estávamos dentro de um orçamento completamente sem dinheiro. Agora que estamos solucionando os débitos atrasados é que estamos podendo trazer jogadores para ter reposição”, completou.

O meia Felipe Amorim, ex-Fluminense, e o lateral-esquerdo Emerson Conceição, ex-Atlético-MG, já estão realizando exames médicos no clube e devem ser anunciados em breve. Além deles, o polêmico atacante inglês naturalizado turco Colin Kazim-Richards desembarcará em Curitiba na próxima sexta-feira (3) para acertar com o clube.

Homofobia e ameaça a jornalista: as polêmicas de Colin Kazim, reforço do Coritiba

Leia a matéria completa

Negueba

Em entrevista à Rádio Transamérica, Bacellar também comentou a situação do atacante Negueba, que caiu de rendimento e chegou a perder o posto de titular do time. Segundo o mandatário, desde que recebeu uma sondagem do Grêmio, em março deste ano, a cabeça do jogador não esteve mais focada no Coxa.

“A cabeça dele já ficou em outro lugar, ainda está na proposta do Grêmio”, disparou Bacellar, que não descarta uma possível troca de Negueba por um atleta do clube gaúcho. O volante Edinho, de 33 anos, seria o alvo coxa-branca. Apesar das críticas do presidente, Negueba está cotado para ser titular novamente contra a Chapecoense, quarta-feira (1), na Vila Capanema.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.