Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Técnico Ney Franco colocará Coritiba explorando os contra-ataques contra o Flamengo. | Hugo Harada/Gazeta do Povo
Técnico Ney Franco colocará Coritiba explorando os contra-ataques contra o Flamengo.| Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo

O Coritiba aposta no retrospecto recente fora de casa para tentar surpreender o Flamengo nesta quinta-feira (17), às 21 horas, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Nos últimos três jogos, o Alviverde conquistou duas vitórias – contra Vasco e Avaí – e um empate, diante do Grêmio.

Os sete pontos ganhos em nove disputados são animadores, vide o desempenho anterior a essa sequência. Até então, dos 30 pontos disputados longe do Couto Pereira, o Alviverde havia conquistado só dois, com empates diante do Atlético e do Figueirense.

Os pontos perdidos nas últimas três rodadas no Alto da Glória – derrota para o Internacional e empate contra Fluminense e Sport – reforçam a importância do bom rendimento como visitante.

Contra o Flamengo, a postura da equipe deve continuar a mesma dos últimos jogos fora. Ou seja, intensificar a marcação e aproveitar os espaços para surpreender o adversário. “Cada jogo é uma história. Antes, fora de casa, a gente se expunha demais, buscando o resultado e deixando a defesa desprotegida. Agora jogamos por uma bola. Não tomando e fazendo levamos os três pontos”, analisa o zagueiro Leandro Silva, que novamente jogará na lateral direita.

O discurso é replicado pelo atacante Henrique Almeida, evidenciando a intenção do técnico Ney Franco em Brasília. “Por eles estarem embalados [o Flamengo venceu os últimos seis jogos], vão vir para cima e vai sobrar espaço. Vamos procurar esse espaço para tentar encaixar o contra-ataque e fazer o gol”, projeta o artilheiro coxa-branca.

O treinador aponta para alterações na equipe titular (veja ao lado), mas por necessidade. Mesmo assim, a proposta alviverde não mudará.

“Nosso time mudou de postura nos últimos jogos do primeiro turno. Temos um elenco forte e quem entra corresponde e os parâmetros de qualidade não caem”, completa Henrique Almeida.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]