Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Gladiador deve retornar ao ataque do Coxa contra o Flu | /Gazeta do Povo
Gladiador deve retornar ao ataque do Coxa contra o Flu| Foto: /Gazeta do Povo

Após 73 dias, Kléber Gladiador volta a figurar na lista dos jogadores relacionados para jogo do Coritiba. O atacante de 31 anos começará o duelo contra o Fluminense, nesta quarta-feira (9), às 22 horas, no Couto Pereira, no banco de reservas. Mas a reestreia passou bem perto de nem acontecer.

Apresentado como principal reforço para a temporada no dia 17 de junho, o centroavante estreou pelo Coxa no dia 28 do mesmo mês – jogou 56 minutos e deu um chute a gol na vitória sobre o Cruzeiro. Sem ritmo, já que estava desempregado desde o fim de 2014, teve uma lesão muscular. Duas semanas depois, enquanto fazia a recuperação, um problema antigo no menisco do joelho direito foi detectado pelo departamento médico coxa. Seria necessário cirurgia e muito tempo para retornar aos gramados.

“Minha primeira reação foi de rescindir. Liguei para o André Mazzuco [superintendente de futebol] e para meu empresário, falei que entenderia se quisessem rescindir, mas o clube disse não”, revelou o camisa 52.

A partir do dia 14 de julho, então, todo o salário de Kléber (que é no valor de R$ 200 mil) foi devolvido como doação ao Coritiba, que economizou aproximadamente R$ 367 mil no período em que o jogador não pôde atuar. “O clube apostou em mim correndo um risco. O mínimo que poderia fazer era abrir mão do meu salário”, ressaltou.

Nos mais de dois meses sem jogar, Kléber acompanhou, do lado de fora, a reação da equipe no Brasileiro. Foram 18 rodadas na zona de rebaixamento até finalmente deixar a área de risco na última rodada.

Também viu outros atacantes aproveitarem o espaço deixado por ele. Henrique Almeida, por exemplo, foi contratado pela falta de opções ofensivas e hoje é o artilheiro alviverde, com cinco gols. O garoto Evandro também só apareceu pelo mesmo motivo.

“Todos nós ficamos felizes porque a disputa é boa, saudável. Quem tem a ganhar é o Coritiba e o Ney Franco que pode escolher melhores opções. Eu estou voltando, sou mais uma opção para ajudar”, diz o Gladiador, agora pronto para tentar melhorar o desempenho ofensivo do clube, que marcou só nove gols nos 14 jogos desde sua estreia.

Depois de tirar o time da zona de rebaixamento pela primeira vez em 18 rodadas, o treinador terá desfalques para continuar a escalada para se manter fora da área do rebaixamento. No ataque, Henrique Almeida não deve mais ter a companhia de Guilherme Parede, que não agradou contra o Avaí. As opções são Marcos Aurélio, Rafhael Lucas e, se o sistema tático for alterado para apenas um avante, o meia Thiago Galhardo pode começar como titular.

No meio-campo, o retorno de João Paulo, que estava suspenso, é certo. Alan Santos e o paraguaio Cáceres disputam a outra vaga de volante. Outras duas mudanças forçadas por cartão irão ocorrer na defesa. Wallison Maia deixa a zaga para a entrada de Luccas Claro. Na lateral direita, a ausência é Leandro Silva, que deve ser substituído por Ivan.

O time coxa-branca deve ter Wilson; Ivan, Luccas Claro, Juninho e Carlinhos; João Paulo, Alan Santos (Cáceres), Lúcio Flávio e Ruy; Marcos Aurélio (Rafhael Lucas) e Henrique Almeida.

Mudanças

O técnico Ney Franco vai mexer na escalação alviverde em relação ao time que venceu o Avaí, no domingo.Suspensos, Leandro Silva e Wallison Maia deixam o setor defensivo – Ivan e Luccas Claro devem entrar. No meio-campo, João Paulo é a novidade entre os volantes. Ele estava suspenso e vai formar dupla com Cáceres ou Alan Santos, que disputam a posição. No ataque, Rafhael Lucas, Marcos Aurélio e Thiago Galhardo disputam uma vaga ao lado do artilheiro Henrique Almeida.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]