i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Coritiba

Nova associação de torcedores prevê teia de cooperação entre coxas-brancas

Com a presença de ídolos como Alex, Toby e Cleber Arado, a Cori Asso será lançada nesta quinta-feira com foco na torcida para valorizar a marca do clube

  • PorAna Luzia Mikos
  • 14/05/2015 16:16
 | Albari Rosa/Gazeta do Povo
| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Começa a se espalhar nesta quinta-feira (14) uma teia alviverde. Uma iniciativa de coxas-brancas para coxas-brancas criou a Associação dos Torcedores do Coritiba, a Cori Asso. O evento de lançamento no restaurante Siciliano, em Santa Felicidade, tem a presença anunciada de ídolos como Alex, Toby e Cleber Arado.

A ideia surgiu há doze anos. Foi maturada em conversas entre torcedores na estrada rumo a Joinville, quando o Coxa passou um dos seus momentos mais difíceis, a punição pela barbárie com o rebaixamento na última rodada do Brasileirão 2009.

“Desde o início, nossa ideia sempre foi fortalecer os torcedores. Pensamos que se a gente conseguir fazer isso, vamos ajudar o clube lá na frente”, afirmou o presidente da Cori Asso, o gerente comercial Marcelo Lunardon.

A associação pretende desenvolver ações que ajudem os coxas-brancas, em uma espécie de “teia de cooperação”. Como?

“São várias as maneiras. Temos, por exemplo, muitos professores coxas-brancas. Por que não criar um cursinho para o Enem destinado aos torcedores? Queremos divulgar as empresas que pertencem aos torcedores para que se possa escolher comprar de outro coxa-branca”, explicou. “Muita gente já me disse que essa ajuda mútua parece o mesmo que os maçons fazem para se apoiar”, acrescentou.

As redes sociais serão usadas para promover a aproximação com os torcedores e divulgar as ações.

A iniciativa é bem diferente, por exemplo, da promovida por fãs do coirmão Paraná, que conta com os Patronos da Gralha. O grupo percursor paranista tem um objetivo mais explícito para atacar o problema mais crônico do Tricolor, as finanças. Assim a função dos Patronos é buscar receitas sustentáveis para o Paraná.

“O ano passado foi exatamente para pesquisarmos modelos de vários clubes brasileiros e não encontramos nada parecido com a nossa proposta. É inédita”, explicou o responsável pela associação.

A versão alviverde prevê iniciativas como a revisão do plano de sócios, a criação de uma biblioteca no Couto Pereira com livros sobre a história do Coritiba, ações na periferia com torcedores e iniciativas para fortalecer a marca do clube.

“Até 2016 a intenção é termos entre 15 mil a 20 mil integrantes na associação e que todos sejam sócios do clube também. Somos um clube municipal e não temos como competir financeiramente com outros clubes de grandes centros. Isso ajudaria o Coxa a andar com as próprias pernas.”, reforçou o presidente.

A Cori Asso é uma entidade sem fins lucrativos e há a proibição estatutária de envolvimento em questões políticas do Coritiba.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.