Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Juan divide com o adversário na derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG. | Rodrigo Clemente/EM
Juan divide com o adversário na derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG.| Foto: Rodrigo Clemente/EM

O meia Juan xingou o técnico Pachequinho ao ser substituído na derrota por 2 a 1 do Coritiba para o Atlético-MG, nesta segunda-feira (18). Atitude que deve render uma punição ao atleta por parte da diretoria coxa-branca.

Coritiba perde para o Atlético-MG e fecha a rodada na vice-lanterna

Leia a matéria completa

CURTA a página Coritiba Campeão do Povo no Facebook

“Isso não pode acontecer. É uma falta de respeito não só com o treinador, mas também com os companheiros. Não é uma atitude que nós compactuamos. Nenhum membro da direção compactua com isso. Não adianta tomar nenhuma decisão de cabeça quente agora. Vamos resolver essa situação durante essa semana”, prometeu o gerente de futebol Alex Brasil.

TABELA: Veja como está a classificação da Série A

O lance aconteceu aos 33 minutos do segundo tempo. Juan foi sacado para a entrada do meia Bernardo, que fez sua estreia pelo Coxa. Inconformado, o meia se revoltou e xingou o técnico socando o ar enquanto se dirigia ao banco de reservas.

Pachequinho olhou para Juan, e ironizou o ato fazendo o sinal de positivo com a mão. “A minha posição é que quem vai definir e resolver isso é a diretoria”, comentou o interino depois da partida.

Segundo relatos dos repórteres presentes no Independência, os jogadores discutiram com Juan nos vestiários pela falta de respeito com o treinador. Na partida contra o Botafogo, no Couto Pereira, na rodada anterior, o meia também reclamou de ser substituído. No final da partida justificou dizendo que estava se sentido bem fisicamente.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]