O goleiro Léo jogou apenas 14 minutos pelo time principal do São Paulo, mas espera brilhar no Paraná. | Henry Milleo/Gazeta do Povo
O goleiro Léo jogou apenas 14 minutos pelo time principal do São Paulo, mas espera brilhar no Paraná.| Foto: Henry Milleo/Gazeta do Povo

Após atuar somente 14 minutos em oito anos no São Paulo, clube em que foi revelado, o goleiro Léo chega ao Paraná para alavancar a carreira. O jogador prega respeito ao ídolo Marcos – atual dono da posição na Vila Capanema –, mas assegura que está no ano mais importante da carreira e chegou ao Tricolor para comprovar sua qualidade. Assim como para dar orgulho ao “tutor” Rogério Ceni, com quem conviveu nos tempos de Morumbi.

Zezinho culpa temperamento e pede desculpas por provocação ao Paraná

Leia a matéria completa

“O Marcos é um ídolo, não é à toa que ele tem mais de 300 jogos e o respeito por ele é grande de minha parte. Já percebi que seremos amigos independentemente desta disputa por posição. Mas, se tiver de ser a minha hora de jogar, vou estar preparado”, promete Léo, de 26 anos. Segundo o goleiro, a vinda ao Paraná em 2017 representa o ano mais importante da sua vida.

“É uma oportunidade que o Paraná está me dando e não vou desapontar. Estou preparado há muito tempo. Não tive muitas oportunidades, mas o torcedor pode ter certeza que vai ter mais um goleiro preparado para entrar em qualquer situação”, prossegue.

MERCADO: Confira quem chegou e saiu dos principais clubes do país

Sobre o vínculo com Ceni, Léo assegura que a experiência adquirida trabalhando com o ex-goleiro serviu como aprendizado em sua carreira. “Aprendi demais com ele, espero colocar em prática e que ele esteja orgulhoso quando vir”, projeta.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]