Conversa com os jogadores do Paraná no CT Racco: tricolor já começa a traçar os planos para 2016. | Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
Conversa com os jogadores do Paraná no CT Racco: tricolor já começa a traçar os planos para 2016.| Foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo

A derrota em casa por 2 a 1 para o Atlético-GO, no último sábado (26), esfriou de vez a ambição do Paraná de emendar uma arrancada e brigar pelo acesso em 2015. Por isso, o foco começa a se voltar para a próxima temporada.

O Tricolor está dez pontos à frente da ZR e onze pontos atrás do Bahia, o primeiro time do G4. Ou seja, empacou no meio da tabela. Faltando dez rodadas para o final da Série B, o time da Vila Capanema não tem mais chances de subir, segundo o site Infobola, do matemático Tristão Garcia. Já a possibilidade de queda é remota: 1%.

Jogadores e comissão técnica paranistas serão testados em jogos ‘mornos’, com pouca influência na briga pelo acesso ou rebaixamento, mas também podem atrapalhar equipes que sonham com uma vaga na elite.

TABELA: Veja a classificação da Série B

Das dez partidas restantes do time, quatro são contra adversários que também estão acomodados na zona intermediária da tabela: Criciúma – o próximo oponente, na sexta-feira (2) –, Oeste, CRB e Bragantino. Outros quatro duelos são com times que estão ou sonham com o G4: Náutico, Vitória, América-MG e Sampaio Corrêa. O Tricolor ainda terá as partidas contra ABC e Macaé, que lutam contra a queda para a Série C do Brasileiro.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]