Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Vila Capanema havia sido vetada devido a pedras no gramado e problemas no alambrado. | Daniel Castellano/Gazeta do Povo
Vila Capanema havia sido vetada devido a pedras no gramado e problemas no alambrado.| Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

Reprovada na última vistoria realizada no dia 26 de março, a Vila Capanema foi aprovada nesta quinta-feira (2) pela Polícia Militar e está liberada para receber novamente partidas do Campeonato Paranaense, Copa do Brasil e Série B. A primeira partida das quartas de final do Paranaense contra o Operário, no sábado (4), às 18h30, no entanto, continua marcada para o estádio Couto Pereira.

A falta de tempo é o principal motivo para manter a partida no estádio rival. O Tricolor precisa informar a Federação Paranaense de Futebol na segunda-feira sobre o aval dado pela Polícia Militar. O cenário mais provável é que o primeiro jogo no estádio seja a primeira partida da semifinal do Paranaense, no próximo domingo, caso o Paraná elimine o Operário. Se isso não acontecer, o adversário será o Jacuipense-BA, derrotado pelo Tricolor por 1 a 0 na partida de ida da Copa do Brasil, em Riachão do Jacuípe.

“Não recebi ainda nenhuma notificação”, afirmou Amilton Stival, presidente em exercício da Federação Paranaense de Futebol. “É preciso apresentar para a gente para repassarmos para a CBF para depois liberarmos o jogo contra o ‘Jacuiense’ (sic)”, disse Stival, pronunciando errado o nome do adversário do Paraná.

A Vila Capanema havia sido interditada por causa do pedras espalhadas no gramado e soldas mal feitas. A vistoria também apontou a falta de um Juizado Especial Criminal em funcionamento nos dias de jogos, capaz de resolver problemas que precisem de intervenção judicial no próprio estádio, como julgamento de brigas de agressões. E o setor destinado à torcida visitante foi considerado inseguro sem o “emprego massivo de força policial”.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]