i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Violência

Justiça nega liberdade a brigões presos

  • PorDa Redação
  • 13/01/2014 21:02

A Justiça de Joinville negou novo pedido de revogação da prisão preventiva de 13 dos 25 torcedores presos por causa da pancadaria ocorrida em Joinville entre atleticanos e vascaínos, na última rodada do Brasileiro 2013. Destes 13 que tiveram o pedido negado, 12 são torcedores do Furacão, sendo um deles o ex-vereador Juliano Borghetti.

A maioria dos torcedores foi presa no dia 19 de dezembro, quando uma operação intitulada "Cartão Vermelho" foi deflagrada pelas polícias do Paraná, Santa Catarina e Rio de Janeiro. Na sequência, os acusados tentaram o habeas corpus para responderem o processo em liberdade, o que também foi negado pela Justiça.

Na decisão assinada pela juíza substituta da 1.ª Vara Criminal da Comarca de Joinville, Luciana Lampert Malgarim, o argumento é que a prisão é necessária para a manutenção da ordem pública diante da gravidade do ocorrido e da repercussão mundial das cenas de violência. A ideia é evitar que se propague o sentimento de impunidade e insegurança.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.