| Bryan Snyder/ Reuters
| Foto: Bryan Snyder/ Reuters

Com uma vantagem de apenas três segundos sobre a russa Tatyana Pushkareva, a etíope Teyba Erkesso conquistou, ontem, a mais apertada vitória da versão feminina da Maratona de Boston. Em 114 anos, essa foi a menor diferença entre as duas primeiras colocadas. No masculino, outro recorde. Oqueniano Robert Kiprono Cheruiyot (foto), de 21 anos, venceu a prova em 2h5min52s, superando a marca anterior, que era do também queniano Robert Kipkoech Cheruiyot, que já triunfou quatro vezes na prova, mas está contundido e não competiu neste ano. Em 2006, ele completou a prova em 2h7min14s.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]