Apesar de estar se preparando para disputar sua 18.ª temporada na Fórmula 1, o piloto de maior longevidade na competição, Rubens Barrichello, afirmou ontem, sob chuva e frio, no circuito de Jerez de la Fron­­tera, onde hoje recomeça a treinar com a Williams, que se prepara para disputar o campeonato mais imprevisível de sua carreira. "Nunca vi um campeonato tão imprevisível como esse. Não dá para saber quem está rápido. Do meu lado, estou gostando da nossa evolução", afirmou o piloto brasileiro.

Com exceção da Campos e da USF1, as demais 11 equipes ins­­­critas no 61.º Mundial da his­tória da Fórmula 1 estarão na pista espanhola de hoje a sá­­ba­do, no penúltimo período de testes antes da primeira cor­ri­­da do ano, no dia 14 de março, no circuito de Sakhir, em Bahrein.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]