i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
rio-2016

Assim como Dilma, FHC e Lula recusam convite para participar de abertura da Olimpíada

Cerimônia será realizada no maracanã em 5 de agosto.

    • Folhapress Web
    • 26/07/2016 16:01
    Ex-presidentes, Lula e FHC não estarão no Maracanã em 5 de agosto. | Istituto Lula e Arquivo GRPCOM/
    Ex-presidentes, Lula e FHC não estarão no Maracanã em 5 de agosto.| Foto: Istituto Lula e Arquivo GRPCOM/

    Os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) afirmaram que recusaram o convite para participar da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, no próximo 5 de agosto.

    Ambos foram convidados para a ocasião pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), após aval do presidente interino, Michel Temer (PMBD). Ele será o responsável pela declaração que marca o início das Olimpíadas de 2016 -uma breve aparição de autoridades é tradição nas cerimônias de abertura.

    Além dos dois ex-chefes de Estado, a presidente afastada Dilma Rousseff (PT) também foi convidada para o evento e recusou. “Não pretendo participar da Olimpíada em uma posição secundária”, declarou em entrevista à RFI (Radio France Internacionale) na última segunda-feira (25).

    Guia da Olimpíada Rio-2016

    Leia a matéria completa

    Dilma disse à imprensa estrangeira que a realização dos Jogos são resultado das iniciativas dela e do ex-presidente Lula, que se esforçou para escolha do Rio de Janeiro, em outubro de 2009, como cidade-sede das Olimpíadas de 2016.

    “Em primeiro lugar, esses Jogos são frutos de um grande trabalho do ex-presidente Lula, no sentido de trazê-los para o Brasil. Em segundo, houve grande esforço do governo federal, que viabilizou a estrutura”, afirmou a presidente afastada na entrevista.

    O COI ainda convidou os ex-presidentes José Sarney (1985-1990) e Fernando Collor de Mello (1990-1992). Por meio da assessoria de imprensa, Collor declarou que não recebeu o convite. Sarney não foi localizado.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.