Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | /Divulgação
| Foto: /Divulgação

Na caminhada para o ouro inédito, a seleção brasileira de futebol fará a estreia contra a África do Sul, às 16h do dia 4 de agosto, no Engenhão, no Rio de Janeiro. O segundo adversário será o Iraque, em Brasília. A partida ocorrerá no dia 7, às 22h. Na última rodada do Grupo A, enfrentará a Dinamarca, às 22,h na Arena Fonte Nova, em Salvador. Os dois primeiros times de cada grupo avançarão diretamente às quartas de final.

Os adversários foram conhecidos em sorteio realizado na manhã desta quinta-feira ( 14) no Estádio do Maracanã palco da final. Havia o risco do Brasil encarar a Alemanha já na fase classificatória. Os germânicos, no entanto, vão encarar o México, atual campeão olímpico.

O técnico Dunga considerou “equilibrado” o grupo do Brasil na primeira fase dos Jogos Olímpicos do Rio. Logo após o sorteio, realizado na manhã desta quinta-feira, no Maracanã, o treinador disse que está confiante para a competição porque “pela primeira vez a seleção está desenvolvendo um trabalho longo” visando o ouro olímpico.

“Acho que todos os grupos são equilibrados, é uma competição que vai afunilando. Os jogadores nessa idade, no momento de pressão, às vezes têm um rendimento abaixo, em outras, um rendimento maior. Mas estou muito confiante”, afirmou o técnico.

Ele já avisou que contra a África do Sul, dia 4 de agosto, no Mané Garrincha, o Brasil terá que sair de campo vitorioso e, mais do que isso, com bom futebol. “Na estreia você precisa vencer, fazer um bom jogo para adquirir confiança dentro de campo e também para ter a torcida ao nosso lado”, ponderou.

Questionado sobre a presença de Neymar nos Jogos Olímpicos, o treinador preferiu uma resposta genérica. “A gente tem que conversar com vários clubes, não só aqueles com jogadores abaixo de 23 anos. A gente tem respeito muito grande e tem que buscar um entendimento”, declarou o técnico. “Estamos monitorando muitos jogadores, não só nos clubes, mas também tem acompanhamento na seleção.”

Pressionado pelos maus resultados nas Eliminatórias da Copa do Mundo, Dunga procurou demonstrar serenidade. “Pressão existe sempre. Até no par ou ímpar tem que ganhar. É normal”, disse. “Eu participei de duas Olimpíadas, em 1984 nos Estados Unidos e depois na China, em 2008. Sem dúvida nenhuma é um enorme prazer representar aqui dentro do nosso País e buscar a tão sonhada medalha. Pela primeira vez a gente se preparou com um bom tempo, temos jogadores de qualidade, um trabalho bem longo, e com muita confiança.”

Já a seleção brasileira feminina iniciará a usa campanha contra a China. A partida será realizada no dia 3 de agosto no Engenhão, às 16h. Além das chinesas, o Brasil terá pela frente a Suécia no dia 6, às 22h, também no Engenhão. A última partida da fase classificatória será às 21h do dia 9 em Manaus.

Em ambos os torneios, as seleções duelam com os adversários do próprio grupo. No masculino, as duas melhores de cada chave avançam diretamente para as quartas de final. Já no feminino, que conta com 12 times, os dois primeiros de cada grupo e mais os dois melhores terceiros colocados vão às quartas.

Masculino

Grupo A

Brasil, África do Sul, Iraque e Dinamarca

Grupo B

Suécia, Colômbia, Nigéria e Japão

Grupo C

Fiji, Coreia do Sul, México e Alemanha

Grupo D

Honduras, Argélia, Portugal e Argentina

Feminino

Grupo E

Brasil, China, Suécia e África do Sul

Grupo F

Canadá, Austrália, Zimbábue e Alemanha

Grupo G

Estados Unidos, Nova Zelândia, França e Colômbia

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]