i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
rIO-2016

Cena polêmica com Gisele Bündchen na abertura da Olimpíada deve ser revista

  • PorDa Redação com agências
  • 01/08/2016 23:49
 | United Nations Development Programme/Arquivo/
| Foto: United Nations Development Programme/Arquivo/

A repercussão negativa da cena prevista para a abertura da Olimpíada, na sexta-feira (5), envolvendo a modelo brasileira Gisele Bündchen, em que ela seria supostamente assaltada, deve fazer os organizadores do evento reverem esta parte da cerimônia. A informação é do site Uol.

Durante toda a segunda-feira (1) muitas pessoas se manifestaram pelas redes sociais mostrando-se contra a cena, em que a distância a modelo estaria sendo assaltada por um menino com trajes simples. Na verdade ela estaria protegendo o ambulante da perseguição de policiais. A dificuldade de interpretação fará com que a cena , vista em um ensaio no domingo (31), seja revista.

Cerimônia

O espetáculo de quase cinco horas conta com a iluminação e alegorias completas e apresenta um resumo da história do Brasil, da chegada dos colonizadores portugueses até a urbanização das grandes cidades.

No início, três caravelas cruzam o gramado, protegido por uma grande lona. Projeções e dançarinos em fantasias azuis, simulam o mar.

Logo, a construção das primeiras instalações do país por índios escravizados ganha a cena. O cenário se transforma até chegar aos dias atuais, com a projeção de uma favela em uma estrutura de blocos onde participantes praticavam parkour.

Projeto social de Foz do Iguaçu emplaca seu primeiro atleta olímpico

Leia a matéria completa

Um ponto alto da cerimônia será o voo de um 14 Bis, a invenção de Santos Dumont, que atravessou todo o estádio, suspenso em um cabo.

Depois da retrospectiva histórica, haverá a apresentação de ritmos brasileiros, com direito a clássicos da bossa nova como “Corcovado” e “Garota de Ipanema”.

Completando o repertório, muito samba, funk e rap, com gravações de artistas como Claudinho e Bochecha e Marcelo D2. Como mestres de cerimônia, participarão a jornalista Glória Maria e a atriz Regina Casé.

No ensaio também foi simulado o desfiles das delegações de cada país, com os atletas representados por voluntários.

O público aplaudia efusivamente, desde as mensagens sobre as consequências do aquecimento global que apareceram nos telões antes da simulação das delegações até a passagem de cada país, anunciado nos telões. Uma das mais aplaudidas foi a dos atletas refugiados.

Celebridade da Venezuela anuncia protesto contra Temer na abertura da Rio-2016

Leia a matéria completa

“A parte musical foi o que mais gostei, pelos arranjos diferentes”, disse o técnico de TI Jefferson Cindra, 25. Ele chegou com a namorada faltando 15 minutos para a abertura dos portões e esperou quase duas horas na fila.

Para quem chegou cedo, a entrada foi tranquila. Mas a marcação de lugares não funcionou, sendo ignorado pelas pessoas e modificada pela própria organização durante o evento.

Fábio Camargo, 38, e a filha Ana Clara, 5, foram ao Maracanã para ver sua mulher, que participa da coreografia em homenagem aos índios do Brasil.

“Essa é a chance das famílias verem o trabalho de quem está construindo este show”, disse Camargo.

Siga a Gazeta do Pov

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.